5/09/2012

RETRATOS

Estivemos, recentemente, em nossa velha terra querida e, como sempre, fazemos uma varredura, uma visita aos arredores do centro da cidade.

Constatamos, in loco, que os velhos casarões centrais, estão na imensidão de tornarem-se prédios modernos, tipo caixa de sapato, como foi o caso daqueles dois das agências do Bradesco e Caixa Econômica.

No momento verificamos que o velho casarão comercial do doutor Filadelfo ( in memorian ), também encontra-se em reforma, mas ainda preservando suas característas na esquina da rua.

Precisamos, urgentemente, buscarmos parcerias, no sentido de evitarmos a transformação do aspecto central de Floriano, se não logo, logo estaremos sem mais a imponência dos casarões, as apraças e os arvoredos que nos deram grandes alegrias no passado.

Nenhum comentário: