1/21/2016

ZÉ FEINHO - ANTES E DEPOIS

Esse baixinho aí da foto, à esquerda, adivinhem quem é, nada mais, nada menos do que o piolho de bola José Reis da Costa, mais conhecido como Zé Feínho, quando jogava pelo Bahia da Mooca em São Paulo por volta do ano de 1964.
Fonte: Leuter Epaminondas

Encontrei com Zé Feinho aqui em Teresina na altura do Troca-Troca, onde trabalha como fiscal da Prefeitura local e também é chamado de Garrinchinha.

Em Floriano, no início dos anos setenta, ele fundou o famoso São José, que só pegava de goleada, mas obteve uma epopéia lírica no contexto romântico de nosso futebol.

Atualmente, como sempre gostou de música, trabalha como compositor de forró, onde já lançou dois cedês, onde vende bastante para amigos e fãs do gênero. Se vocês tiverem interesse, basta entrar em contato comigo ou com o celular dele: 031.86.9462-3763.
Zé Feinho em São Paulo


Segundo Zé Feínho, " sentimos bastante saudades dos amigos, daquela época sem violência, onde todos buscavam viver com grande tenacidade..."

O nosso amigo José Reis, mais conhecido como Zé Feínho, antigo desportista florianense e dono daquele time São José, que brilhou nos gramados do campeonato florianense de futebol nos anos de 1970, hoje residente em Teresina, servifor da Prefeitura da Capital piauiense, desponta aí com o lançamento do seu mais novo CD de forró.
Zé Feinho hoje

 Dentro das inúmeras composições de Zé Feinho, uma delas o compositor homenageia a cidade de Floriano, cuja letra segue abaixo na íntegra:

O orgulho da nossa gloriosa Floriano
Leste a oeste, norte a sul
Floriano, querida Floriano
É a nossa amada Princesa do Sul

Em mil e oitocentos e noventa e sete
Foi quando lhe consagraram
No dia 8 de julho vindouro
É o seu próximo aniversário

Parabéns, Floriano, parabéns
Parabéns, também, as nossas vidas
Parabéns, Floriano, parabéns
Nós somos filhos desta Floriano querida

Floriano é onde está o nosso orgulhio
clom a sua beleza é a nossa esperança
Floriano nasceu como uma criança
Na sua infância sós cresceu
Os olhos dela sãobrilhantes
Este brilho nunca morreu

A vibração que fica no espaço
Quem faz é a população
De rua a baixo e de rua a riba
No rumo do cais do rio Parnaiba

Floriano foi onde nós nascemos
Engatinhamos tentatndo dar os primeiros passos
Eu te amo, eu te adoro Floriano
Eu quero ter você sempre nos meus braços

Para contato com o cantos e compositor, anotem o seu celular: ( 86 ) 9462-3763, quando de sua aquisição do CD ou podem entrar em contato conosco.

3 comentários:

corrupçao e indignaçao disse...

Compositor e figura patrimonio de Floriano. Cabra bom!!

Anônimo disse...

Eu ouvi uma vez da boca de pedinte, agradecendo a esmola recebida: Deus te livre, da praga do mau vizinho e da língua do Zé Feinho.

Unknown disse...

Brasília,DF, em 27 de janeiro de 2016
O lendário JOSÉ REIS COSTA/ZÉ FEINHO, é descendente de tradicional família Florianense, neto do fazendeiro JOSÉ CAMILO DOS REIS(in memorin), então proprietário das Fazendas Veredas, hoje pertencentes à não menos tradicional família do BINU LEÃO. Além do mais, honrosamente, é meu primo. Dentro da sua capacidade e competência, é um A R T I S T A, e como tal, merece o respeito de todos.
R E I S D A S I L V A
B R A S Í L I A - D F