5/08/2009

RETRATOS


O nosso amigo e fotógrafo Marcelo Guimarães estava fazendo um roteiro nas águas do velho Parnaiba, quando avistou uma das figuras mais interessantes dessas beiras.

Nada mais, nada menos do que o velho pescador Zé Rubal ( in memorian ) em sua rotina matinal, pescando suas lapas de piaus e mandís.

Lembro-me que esse velho pescador tinha algumas cevas e muitas manias, vigiando o tempo inteiro suas áreas demarcadas, mas, muitas veszes, conseguíamos despistar o velho pescador e invadíamos suas cevas para pegar outros peixes.

Com o tempo, já adoentado, veio a falecer nos anos oitenta, mas muita gente comprava os seus pescados e dizia que tinha pego nas alturas diferentes do nosso Parnaiba.

Histórias de pescadores, certamente!

Nenhum comentário: