4/02/2008

RETRATOS


Quando a vida transcorria dentro de um clima lírico, romântico e, naturalmente, belo naqueles saudosos anos cinqüenta.

Nas calçadas da rua José Coriolano, casa de mestre Walter Olter Melo, estavam ali sentados a vovó Serva, dona Lourdes e o Melo ( nossos pais ), nossos imãos e primos djalma, Tibério, Ubaldo, Divaldo e Dacio em clima de conversa.

Naturalmente, o tempo foi passando e, hoje, as máquinas pixels tomam conta do pedaço, ilustrando as novas cores, mas ainda precisamos reviver esse passado maravilhoso que tivemos.

2 comentários:

Melo Filho disse...

Essa foto é linda, dígna de um registro como este.

Parabéns Marinho pelo seu blog.Você é uma pessoa muito especial do qual os florianenses devem se orgulhar. A sua paixão lembra o que os Judeus tiveram de bom: manter erguido o seu amor à terra natal mesmo estando distante dela por força das circunstâcias.

Anônimo disse...

Fiquei maravilhada com a foto. Ver a vovó Serva, tio Melo, tia Lourdes, imãos e primos fez a saudade florir em meu coração....
Cloris Borges de Melo