10/30/2009

AMISTOSO EM URUÇUÍ


Uma certa vez, nos conta o professor Valdeci Santos ( que jogou no Reno e Cori – Sabbá ), hoje morando no Goiás, ele estava começando a engatinhar-se para o futebol amador florianense, jogando com a rapaziada do Reno Esporte Clube de propriedade do piolho de bola Zé Amâncio no início da década de setenta.


Geralmente, à época, o contexto de nosso futebol era motivador e todos aqueles mucurebas daquele tempo, inicialmente, estagiavam no time do Reno e, mais tarde, é que procuravam outros times para brilhar, naturalmente.


Pois bem, fora arrumado, então, um jogo difícil de caráter amistoso na vizinha cidade de Uruçuí entre os times do Reno contra uma seleção daquela simpatica cidade.


Valdeci ( na foto acima ) diz que estavam presentes, naquela partida, acirradamente bem disputada, craques como Marcos e Euvaldo de Antonio Segundo, Sebastião de Tarso ( irmão de Luiz Orlando ), o Tonhô, o goleiro Chico Cobra Preta e o famoso centroavante Zeca Zinidô.


Chegando em Uruçui, os jogadores naturalmente foram logo almoçar no melhor hotel da cidade, coisa rara naquele tempo e, desta forma, a mesa já estava pronta, pratos postados com os seus respectivos talheres, comida na mesa e a rapaziada começou entrar em algo cazeiro, numa bela panelada daquelas feitas no interior.


Só que Zeca Zinidô, naquele exato instante, ficou parado, olhando ao redor. Foi quando a moça do hotel aproximou-se e recebeu, inevitavelmente, a reclamação do craque da Taboca:


- Oh, dona moça, a senhora me adiscurpe, mas eu num sei cumê cum esse negoço aqui não; a senhora pu favo, me arrume uma pá aí pra queu possa cumê alguma coisa, se não eu num vou guentar nem jogar, ta entendendo?


A gargalhada foi geral e Zeca foi prontamente atendido, entrando com unhas e dentes naquela apetitosa panelada do interior.


Bem alimentados, o time do Reno deu o show no placar, sendo convidados à noite para uma festa de arromba, antes de voltar para Floriano.


Na bela cidade de Uruçuí, Valdeci ainda diz que na praça arrumou uma namorada, uma conhecida sua de Floriano, mas como era magro, recebeu uma tisorada de Zeca:


- Minina, tu é doida? Tu tem corage de bejar na boca desse magão? Esse cabra é muito feio e mago, isso nem come, isso é um tuberculoso, ta sabendo?


O riso foi geral e esse fato causou ainda muita resenha na volta para do time do Reno para Floriano.



Nenhum comentário: