7/31/2008

PÔR DO SOL


Quando a tardinha vem, vê-se o a poesia do belo pôr do sol do cais do porto e o velho Flutuante, como sempre, ali, nos envolvendo em nostalgia.

São momentos que registramos para preservar a nossa poesia natural e o Parnaíba a colaborar com a paisagem lírica que nos alucina.

À noite, há um silêncio e o som dos tambores da madrugada que escutamos nos transporta a um mundo cheio de emoções, alegria e prazer.

Foto: Agamenon Pedrosa

Nenhum comentário: