10/05/2007

RETRATOS



Essa é tia Inhá ( in memorian ), esposa de tio Walter, lembram ( ? ). Tio Walter tinha uma oficina de bicicleta detrás da igreja matriz e foi maquinista no cais do porto nos anos cinqüenta.

Na foto, a nossa tia aparece na praça doutor Sebastião Martins, segurando seus dois filhos mais velhos, o Djalma e o Divaldo, época em que os retratos exaltavam ternura e poesia. Precisamos sempre relembrar esses bons tempos.

A família de tio Walter foi fixar moradia em São Luís do Maranhão, depois de passar uma temporada em Boa Esperança em Guadalupe nos anos sessenta. Lá em São Luís todos se formaram e constituíram famílias, aprendendo a superar as adversidades da vida.

Um comentário:

Anônimo disse...

Lindo! obrigado pela homenagem. Quando aqui chegamos, em dez/69, São Luís era mais aconchegante, mais tranquila. Hoje é uma capital cheia de barulho, muitos carros e bem mais violenta.
Dácio Melo