3/28/2017

RETRATOS

Rua São Pedro nos anos de 1960

As nossas referências arquitetônicas, com o tempo, vão se perdendo sua base histórica no contexto das gestões políticas e sociais, tendo em vista que não há uma vigilância na sua bestrutura e conservação.

Se olharmos para um passado pouco distante, observamos a característica dos nossos casarões (foto acima), a sua beleza e conservação.

Atualmente, especula-se, e muito, a questão imobiliária, o dinheiro e não se observa a qualidade da avaliação desses nossos valores históricos.

Lamentavelmente, se não adotarmos medidas urgentes, cabíveis logo, logo veremos nossa arquitetura sem rumo, mas de uma nocividade ululante no contexto de padrões modernos. numa mistura sem sentido e de uma visão épica indescritível.

3/24/2017

Energia do Estádio Tiberão está cortada desde novembro de 2016

O Estádio Tiberão em Floriano-PI, principal praça de esportes do município, está sem um diretor e as consequencias negativas que são muitas, como por exemplo, o gramado sem condições de jogo, estão recaindo sobre os organizadores do Campeonato Florianense de Futebol e ainda sobre a direção do Corisabbá, que vem realizando os treinos da equipe visando o Campeonato Piauiense de Futebol Sub 19, competição que dá direito a participação na Copa São Paulo de Futebol Junior, no Centro de Treinamento dos Atletas do Futuro em Barão de Grajaú -MA. 
tiberao

No final do terceiro mês da nova gestão o Estádio Tibério Barbosa Nunes (Tiberão) está ainda com a energia cortada, fato que ocorreu em novembro passado, gestão Gilberto Júnior


Em 2016, uma das competições de futebol que se realiza todos os anos em FLO não ocorreu devido aos problemas existentes e hoje, quase cinco  meses depois da suspensão de energia, o problema continua e isso está prejudicando o início do Campeonato Florianense de Futebol de 2017.


Os desportistas locais, tanto os membros da direção da Liga Florianense de Futebol, quanto os presidentes dos times, aguardam a boa vontade dos gestores municipais no sentido de que parte dos problemas seja resolvido.

A Elineuza Ramos que está Secretária de Cultura, Esporte e Lazer da  Prefeitura florianense, gestão Joel Rodrigues,  afirmou ao piauinoticias, sem gravar entrevista, que tem conhecimento dos problemas e que até já visitou o local, mas não falou em quanto tempo o Estádio estará com parte dos problemas sanados e pronto para a prática do futebol. 

Fonte: piauinoticias.com

3/21/2017

RETRATOS

Time da AABB da década de 60

O Aldênio Nunes foi quem nos presenteou essa raríssima foto do contexto romântico do nosso futebol de salão da distante década dos anos de 1960.

Havia uma certa harmonia, uma efervescente empatia para com as nossas atividades sócioculturais e desportivas, de forma que a comunidade dava cobertura a essa prática para o bem da comunidade local.

O time da AABB à época se consolidava dentro das quadras do Comércio Esporte Clube, ganhando praticamente todas as taças.

Esse tempo passou e, atualmente, a situação anda bastante crítica com relação ao incentivo ao nosso desporto. Há casos isolados, particulares mas que não rendem muito a favor da comunidade.

Precisamos buscar gestores competentes e que tenham vocação para trabalhar com atletas vocacionados para mudar a triste realidade que hoje vive a cidade de Floriano.

Quem tomará essa iniciativa?

Conheça o elenco convidado da Paixão de Cristo 2017 em Floriano


Fonte: florianonews.com

Um dos maiores eventos religiosos acontece anualmente em Floriano, no Piauí, desde 1996. Com participação de 350 atores, a apresentação da Paixão de Cristo chega a sua 22ª edição com a participação dos atores Nivea Maria (Maria, mãe de Jesus), Anderson di Rizzi (Pilatos), Carolina Kasting (Herodias) e Werner Schunemann (Caifás).


Realizado no 
Teatro Cidade Cenográfica, o espetáculo conta com 20 cenas, sistema de som e luz profissionais, em um espaço de 45 mil metros quadrados construídos especialmente para a encenação. Além de cenários específicos, o Teatro Cidade Cenográfica é cercado por uma muralha de sete metros - uma Jerusalém em meio ao sertão nordestino.

A encenação tem início no Batismo de Jesus, avança pela Tentação, Sermão da Montanha e Milagres, retratando de modo fiel a vida pública do maior homem que veio ao Mundo. 

No segundo ato os imperadores, governadores e demais lideres religiosos da época conspiram contra aquele que veio trazer a luz ao mundo, implantar o Reino de Deus na Terra, segundo os livros dos quatros evangelistas encontrados no Novo Testamento, para então culminar com sua morte e ressurreição.

A produção do 
evento esteve recentemente com os atores convidados no Rio de Janeiro quando realizaram a gravação das vozes de cada personagem, uma vez que as cenas serão dubladas; sessão fotográfica com atores caracterizados e gravação de VT para comerciais.

O evento acontece dias 14 e 15 de abril, às 20h, no Teatro Cidade Cenográfica, e é uma realização do Grupo Escândalo Legalizado Teatro em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura do Piauí, Governo do Estado do Piauí, patrocínio das empresas: Drogarias Globo, Credshop, Grupo Ferronorte, Grupo Carvalho, Armazém Paraíba, Grupo R. Damásio, São Jorge Supermercado e a Prefeitura Municipal de Floriano. 

3/16/2017

RETRATOS DE FLORIANO

BAR CARNAÚBA

Por bastante tempo vínhamos tentando localizar uma fotografia, um retrato, uma imagem do nosso antigo Bar Carnáuba, que funcionou na praça doutor Sebastião Martins durante aquela efervescência dos anos sessenta e setenta e dentro do contexto lírico dos nossos carnavais de outrora.

O nosso amigo Aldênio Nunes nos presenteia essa bela recordação (foto acima) tirada do fundo do baú para relembrarmos os bons tempos.

Além do Aldênio, podemos observar o Pauliran, Mário Anselmo, Mifler, Humberto Moreira, o Arnaldo Pé de Pão e o Zé de Tila  tocando um violão no interior do Bar Carnaúba por volta de 1968.


3/11/2017

Secretária fala sobre providências adotadas no Terminal Turístico de Floriano

Abandono no Terminal Turístico
A redação do portal jc24horas recebeu várias denúncias sobre o estado de abandono em que se encontra o Terminal Turístico Beira Rio, em Floriano. Nossa reportagem esteve no local constatou o estado deplorável do prédio que é tombado pelo patrimônio histórico nacional, tentou entrar em contato com a Secretária de Cultura Professora Elineusa Ramos e através de um integrante de sua assessoria tivemos a informação de que a responsabilidade do prédio é do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) mas que a secretária já entrou em contato fazendo inclusive fotografias do local para que as providências cabíveis sejam adotadas.

A Secretária de Cultura de Floriano Professora Elineusa Ramos informou ao portal que na próxima semana estará em Teresina para uma audiência com o Secretário Fábio Novo para tratar de diversos assuntos dente eles a questão do Terminal Turístico Beira Rio, que é responsabilidade da secretaria de Desenvolvimento Econômico, que tem a frente o Dr. Antonio de Pádua Kalume, mas movida de sensibilidade ela tomou para si a situação e desde que assumiu a pasta, fez fotos mostrando o abandono que estava aquele patrimônio deixado pela administração anterior.

Em comunicado, Elineusa Ramos informa ainda que a gestão anterior cedeu por um período o espaço para a Junta de Serviço Militar e após receber de volta não executou nenhum serviço o que resultou no estado deplorável, fato este que foi denunciado pela nossa entrevistada com fotos e textos explicativos.

Elineusa recebeu do Prefeito Joel Rodrigues um pedido que desse prioridade às providências cabíveis, mas segundo ela, tudo depende do IPHAN, pois o prédio passa por processo de tombamento e os trâmites legais devem ser respeitados. "Enfim o governo municipal através da secretaria de cultura ja está com um trabalho de recuperação sendo encaminhado", finalizou Elineusa Ramos em seu comunicado.

Fonte: florianonews.com

Desassoreamento das margens do Rio Parnaíba dá vida ao Cais de Floriano

Antes
Uma ação da Prefeitura Municipal de Floriano, através da Secretaria de Infraestrutura, deu uma nova visão a quem frequenta o Cais da Beira-Rio. Na semana passada, um trabalho de desassoreamento das margens do Rio Parnaíba foi realizado, no trecho que compreende o Restaurante Flutuante.


Depois

Devido ao assoreamento, o rio passou a acumular lixo, entulho e outros detritos em sua margem. A vegetação cresceu e se misturou aos sedimentos e, atualmente, estava servindo como pasto para alguns animais. Este acúmulo de resíduos impedia que a água chegasse até a margem, diminuindo o seu volume.

Uma medida emergencial para corrigir o problema está na manutenção do rio, através do processo de desassoreamento. Pensando em melhorar o aspecto, aumentar a vazão e dar vida ao Parnaíba, a administração municipal deu início ao trabalho, utilizando, para isso, uma máquina escavadeira.

Durante três dias o trabalho foi intenso e ao final, cerca de 20 carradas de lixo, entulho e mato que estavam degradando às margens do rio foram retiradas.

“Esse foi um pedido do prefeito, para que tivéssemos um olhar especial para este local que estava praticamente abandonado pelo poder público. Todo trabalho de retirada do lixo do fundo do rio foi feito e assim conseguimos dar um novo aspecto ao cais do porto”, destacou o secretário de Infraestrutura, Marconny Allison.

O cenário que antes era de matagal e lixo foi substituído por uma paisagem mais limpa e agradável ao olhos, contribuindo para manutenção do patrimônio histórico e preservação do meio ambiente.

Fonte: florianonews.com

3/10/2017

Por problemas técnicos, Rádio Difusora de Floriano está fora do ar

Difusora de Floriano AM 1510, uma das principais rádios de Floriano, “sumiu” do dial AM do município. A emissora, que está entre as estações de rádio mais potentes do sul do estado, enfrenta problemas em seu sistema de transmissão, tendo a sua operação interrompida desde a última sexta-feira (3). 
Imagem: FlorianoNewsClique para ampliarPor problemas técnicos, Rádio Difusora de Floriano está fora do ar.(Imagem:FlorianoNews)

informação sobre os problemas no transmissor da Difusora AM foi dada pela própria equipe da rádio em resposta aos questionamentos dos ouvintes, feitos através do telefone e internet.

O diretor comercial, Raimundo Pae Reis, explica que o transmissor precisou ser levado na segunda-feira (6), para a capital piauiense, para ser consertado e desde então a mais importante emissora de rádio AM existente em Floriano está fora do ar.

Ainda segundo o diretor comercial, a causa da pane no equipamento aconteceu após uma forte descarga elétrica, causada por um raio que atingiu a torre responsável pela transmissão do sinal da emissora, na noite de quinta-feira (2).

No ar desde 1959, a Rádio Difusora está entre as maiores coberturas em AM da região, com uma intensidade de sinal considerável em Floriano e cidades vizinhas. Como já divulgado, brevemente a emissora estará migrando do serviço de rádio fusão sonora em onda média (AM) para o serviço de rádio fusão sonora em frequência modulada (FM). Esse fato, entretanto, independe desse problema na transmissão.

A previsão é que a Rádio Difusora de Floriano volte a alegrar os ouvintes nesse próximo sábado, dia 11 de março.

Fonte: florianonews.com

3/07/2017

HISTÓRIAS DO NOSSO FUTEBOL


O JOGO MAIS IMPORTANTE DE ZECA ZINIDÔ*


Dentro do contexto lírico de nosso futebol, Zeca Zinidor ( que certa vez fora comprado por uma carteira de cigarro da marca minister pelo Flamengo de Tiberinho ), narra com precisão e muita saudade um de seus jogos mais importantes dos quais participou, quando jogava pelo Botafogo de Gusto, na trajetória dos torneios amadores da Princesa.


”Dois detalhes: o primeiro, o Fluminense jogava pelo empate e começou ganhando de 1 a 0; e o segundo, é que eu estava com um problema no pé direito e não podia jogar, fiquei em casa, não ia agüentar ver o jogo do lado de fora, num jogo de decisão, jogo duro e logo no primeiro tempo, o Fluminense ganhando; foi aí que João Batista Araújo de Vicente Roque, torcedor fanático de nosso time, tomara a iniciativa de ir lá em casa me pegar, mesmo doente.

Cheguei no campo, ajeitaram meu pé, colocaram mastruz com um pano enrolado e disseram: “ Zeca, fica dentro de campo, se der certo, tudo bem, mas só a sua presença já amedronta “.

Dito e feito, rapaz, como eu adorava jogar, consegui incendiar o jogo, mudei completamente o panorama da partida, um espetáculo, fico até arrepiado em lembrar, o sangue foi esquentando, o pé já não doía tanto; cara, com pouco mais de 15 minutos, consegui empatar, de pé esquerdo, a torcida endiabrada ( no Campo dos Artistas dava mais público do que hoje no Tiberão ).

Taboqueiro fez um lançamento de trivela, rasante, ( quando eu me lembro, dá vontade de sair correndo ), bicho, eu dominei o pneu ( bola ) e eu tinha um sesto de ficar sassaricando com a bola, dava um currupio, era um espetáculo à parte, o zagueiro ficava doido e a torcida mais ainda, é como se estivesse ouvindo o grito da galera.

Zeca Zinidô, por onde anda?
E essa bagaceira toda foi aos 30 minutos do segundo tempo, passei pelo zagueiro, e na entrada da grande área a bola foi pro pé direito, nem lembrei do pé machucado, embrulhei, paáááááááááááááááááááááááááá´, golaço, aiaiaiai, golaço, aiaiai!, loucura, eu pulava e a torcida pensando que era só de alegria, também, mas era mais dor, rapaz, conseguimos virar o jogo, só escutava a zuada e a voz do Batista de Vicente Roque, pense numa zoeira, quando o jogo terminou, foi uma loucura, ganhei muitos presentes!

Até hoje Batista foba com esse gol. Interessante: no Campo dos Artistas, cada jogador tinha uma espécie de fã clube, 30 a 40 torcedores, chegavam ao ponto de, por exemplo, se o torcedor do Botafogo do Gusto fosse pro campo e chegando por lá não visse o jogador que ele admirava e não fosse jogar, ele automaticamente ia embora!

* Segundo Ubaldo, esse apelido de Zeca quem botou foi o nosso primo Djalma Borges de Melo (filho mais velho de Mestre Walter).

3/03/2017

RETRATOS

OS MALANDRINHOS

(Na foto ao lado, observamos os Malandrinhos Zé Geraldo (filho de Geraldo Teles), Aldênio Nunes, Jorge Carcamano, Arnaldo Pé de Pão, Pedro Demes e, na frente, em pé, Pedro Attem, comandando a moçada).

Os Malandrinhos déc. de 60

Dentro do contexto romântico de nosso carnaval, o famoso bloco OS MALANDROS participou, efetivamente, de duas fases importantes, a primeira, quando foi fundado, na década de 40, pelos foliões Rolo Ferreira, Zé Ferreira ( ambos filho de seu Vicente Roque ), Daniel Bicudo ( filho de seu Zé Leonias e irmão de Budin e Lulu ) e Rafael.

A segunda fase, em 1961, em Brasília, os florianenses, apaixonados pelo carnaval da Princesa, decidiram, que quando retornassem a Floriano, reativariam o bloco. O que realmente aconteceu. Os baluartes dessa brilhante idéia, foram os malandristas Clóvis Ramos ( estandarte e líder do grupo ), Chico Perna Santa, Colega, Jamil, João Alfredo, Lisboa ( piston ), Antonio José “Boquinha” e Pedro Atem.

Curiosidade:

no ano de 1963, esse famoso bloco deixaria de sair com o nome "OS MALANDROS" e desfilara numa única vez como bloco OS DOMINÓS. Isso aconteceu por causa da morte de um dos integrantes mais famoso do blcoco - Defala Atem.

FIGURANTES:

Eleonora Demes, Nadja Demes, Sara Demes ( estas, irmãs de Mussa Demes e Alcides Del Bueno ), Nice Lurdes, Aldenora ( irmã de Genison ), Maria Mazuad ( irmã de Issa, Brahin e Gaze Mazuad ), Maricildes Costa ( eterna Miss Piauí – Filha de Alcides Costa, músico e Tabelião ).

COMPONENTES DO BLOCO:

Clóvis Ramos ( estandarte e líder do grupo ), Pedro Atem, Chico Perna Santa, Colega, João Alfredo, Lisboa ( piston ), Antonio José “Boquinha”, Alcides “Del Bueno”, Jamil Zarur, Assis, Miflin, Mário Anselmo, Ratin Pintor, João Batista, Pompéia, José Soares da Pernambucana, Brahin, Bernadino Feitosa ( Seu Dino ), Parnaibano, Poncion, Lisboa do Piston, Aldênio Nunes, Caçula, Pauliran da Costa e Silva, Arnaldo Pé de Pão, Joaquim Portela, Engrácio Neto, Netinho, Maria Roxa, Herbrant ( Mano, filho de doutor Herbrant ), Luis Paraibano, Zé Geraldo Teles, Neguinho Sapateiro, Jorge Adala Lobo, Pedro de Alcântara, Estevão, Argeu Ramos.

MÚSICA ( enredo ) DOS MALANDROS:

NÓS SOMOS OS MALANDROS


COMPOSIÇÃO:

Alcides “Del Bueno” e Pedro Humberto Demes ( irmão de Mussa Demes ).

EVOLUÇÃO E MARCAÇÃO PARA NÃO PERDER O RITMO!


Alcides “Del Bueno” ( Tarol ), Parnaibano ( Tarol ), Engrácio Neto ( tarol ), Adauto Perna de Gato ( surdo ), Chico Perna Santa ( surdo ) e Assis ( Surdo ).

ENCONTROS DE GIGANTES:


No final da tarde, o desfile dos blocos na avenida Getúlio Vargas e praça doutor Sebastião Martins, no centro de Floriano.
Um momento de rara beleza! O encontro dos blocos Os Malandros, Os Piratas e Os Foliões na altura dos bares: São Pedro, Sertã, Churrascaria Carnaúba. Uma delícia! Inesquecível!


Aldenio Nunes disse:
O meu instrumento {maracá}, por recomendação do João Alfredo, era vazio, "pru mode" não atravessar o rítimo. 


Pedro Humberto disse:
Durante o desfile do bloco eu toca-
va um violão que ninguem ouvia, de-
vido ao barulho. Valeu a pena relem-
brar, que saudade!

Pedro Demes

Colaboração:

Alcides “Del Bueno” Clóvis Ramos e Joaquim Portela, todos participantes do bloco Os Malandros.
Pesquisa: César de Antonio Sobrinho

Fonte: 
www.florianoemdia.com

3/02/2017

REFORMA DO FLORIANO CLUBE

Atenção amigos florianenses e todos que adotaram Floriano como sua terra, foi dada a largada para a tão sonhada reforma do FLORIANO CLUBE no inicio do mês de janeiro, como mostra a foto abaixo. 

A FUNDAÇÃO FLORIANO CLUBE, num gesto de ousadia mas contando com a colaboração de todos, iniciou a obra, orçada em 500.000,00, com apenas R$ 38.000,00 oriundos da vendas dos livros da COLEÇÃO FLORIANENSES. T

odos nós somos partícipes desse sonho, para tal basta fazer sua doação. 
Reforma em andamento


Conta para depósito: FUNDAÇÃO FLORIANO CLUBE


Cnpj: 0001-04. BANCO DO BRASIL Ag.0096-5.Conta.45.638-1

Estabelecemos para as contribuições, o seguinte quadro:


Diamante.........2.0000,00 Prata......500,00
Platina............. 1.500,00 Bronze... 200,00
Ouro................ 1.000,00 Doação livre para qualquer valor.


Pleiteamos, também, junto a Sec. de Cultura do Estado Piauí, na pessoa do seu Secretário Dep. Fábio Novo que se mostrou sensível a nossa causa prometendo uma substancial doação. 


Participando, você ajuda a resgatar nosso Clube e parte da História Cultural da nossa cidade.Antecipadamente agradece;


Luis Paulo de Oliveira Lopes - Presidente, Teodoro Ferreira Sobral - Dir. Financeiro, Rosenilta Maria de Carvalho Attem - Presidente do Conselho Consultivo, Cristovão Augusto Augusto Araujo Costa -
coordenador do Projeto Memória de Floriano e Djalma Nunes -Diretor Administrativo.