1/04/2017

ANTONIO LUÍS BOLO DOCE - Festa de despedida

Bolo Doce é o terceiro em pé jogando pelo Palmeiras
Matéria extraída do Jornal de Floriano/Pompéia e equipe

O torcedor que deixou de comparecer domingo último ao estádio Tiberão, deixou de assistir um dos mais bonitos espetáculos de futebol dos últimos tempos naquela praça de esporte.

O que Floriano e Cori-Sabbá mostraram em matéria de futebol foi algo extraordinário. Talvez a pequena platéia que compareceu ao nosso estádio municipal para prestigiar a despedida de Antonio Luís Bolo Doce, jamais pensou em assistir um futebol de tão grande envergadura. Lances sensacionais, toque de bola maravilhoso e um jogo limpo sem pancada, bom de se ver.

Só o que não agradou mesmo foi a arbitragem do senhor Vicente de Paula da Silva, que andou muito complicada. A anulação do gol de empate do Cori-Sabbá, no finalzinho do jogo, revoltou até mesmo diretores do Floriano.

O dono da festa, o veterano centroavante Antonio Luís, teve participaçãobrilhante na partida, fazendo todos os recordarem com muita saudade, os bons tempos passados, as jogadase os seus belos gols.

Antonio Luís fez jogadas maravilhosas, deu passes primorosos, contribuiu na marcação do primeiro gol do Floriano, cobrou faltas com perfeição e provou que na realiidade foi um grande jogador não só no futebol de Floriano, mas do Piauí.

O resultado do encontro foi dois para o Floriano, 1 para o Cori-Sabbá, marcando Zé Bruno e Tomé parao time rubro-negro, descontando Giba para o time corissabano. Giba, que teveum gol anulado, ainda perdeu uma penalidade máxima, chutando pra fora.

Os quadros formaram desta maneira: FLORIANO – Neiva (Piloto); Chico Carimbó, Café, Becão e Fernando; Beterraba, Nonato Casquinha (Tomé) e Carlos Iran; Zé Carlos, Antonio Luís (Walter) e Zé Bruno. CORI-Sabb-a – Pedrinho; Dedé (Botinha), Chagas, Feliciano e Dercy; Buema, Lourinho e Anselmo; Casatilho, Giba e Júnior.

Nenhum comentário: