5/03/2016

Em crise na queda, Vanin fortalece elo com time: "Não abandonaram o barco"


Fonte: florianonews.com

 

Técnico Vanin(Imagem:FlorianoNews)
Vanin Enaltece Grupo do Cori-Sabbá
O Cori-Sabbá pôs fim ao tormento na temporada que culminou com o rebaixamento no Campeonato Piauiense. A derrota por 5 a 0 para o Altos, domingo, no estádio Tibério Nunes, em Floriano, encerrou a agonia alvinegra no estadual, mas serviu de pano de fundo para uma despedida lúcida do técnico Vanin. O treinador deu de ombros sobre o assunto crise e preferiu valorizar a dedicação do elenco nos 14 jogos disputados. Veja os gols da goleada acima.

- Na verdade, (a derrota para o Altos) não representa mais nada porque o Cori-Sabbá já estava rebaixado. Claro que a gente queria ganhar diante da nossa torcida, mas o time adversário foi superior ao nosso. Os jogadores estão de parabéns por terem conseguido cumprir a meta que era participar até o final com muita dificuldade. Eles não abandonaram o barco de jeito nenhum. Estes jogadores estão de parabéns por tudo o que enfrentaram neste campeonato. Eles se dedicaram ao máximo sem condição de nada. É muito complicado você trabalhar sem ter uma tranquilidade de salário. Eles ultrapassaram isso tudo e vestiram a camisa – destacou o treinador após o jogo.

A turbulência administrativa vivida pela Águia em 2016 se refletiu em campo. O fim do mandato do ex-presidente José Bruno deu brechas para a posse de uma diretoria executiva chefiada por Maurício Miranda, que não conseguiu trabalhar com pouco orçamento, e alguns jogadores alegaram não terem recebido salário desde o início do estadual. Em 14 exibições no campeonato, o Cori venceu apenas uma partida - 2 a 1 sobre o Parnahyba -, empatou três e perdeu 10.

- O Cori-Sabbá não tem uma diretoria hoje. Temos que ver ser o Maurício Miranda vai formar uma diretoria jovem, que possa trazer o empresariado da região. Sem financeiro, não tem futebol – alertou Vanin em sua despedida do clube.

Nenhum comentário: