1/31/2016

RETRATOS

Danúnzio
CARICATURA DE DAÚNZIO

Mandamos o nosso amigo Amauri (caricaturista) fazer algumas caricaturas de alguns amigos e, em especial, a do nosso irmão Danúnzio Josivalter de Melo (in memorian), torcedor acirrado do time do River de Teresina.

Danúnzio era piolho de bola em Floriano, não saía dos campinhos de Floriano, como o campo do Artístico, o campodo Ferrovário, o campo do Odorico e outros.

Danúnzio chegou a disputar vários torneios, através do Flamengo de Tiberinho, São Paulo de Carlos Sá (foto) e no Botafogo de Gusto.

Posteriormente, Danúnzio seguiu para São Luís do Maranhão, onde se formou em Direito, tornando-se Procurador do Estado, casou-se, teve quatro filhas, mas o destino quis que fosse para o céu (antes do combinado), compartilhar novas jornadas.
São Paulo de Carlos Sá 1964

Na foto ao lado, do time do São Paulo de Carlos, Danúnzio é o centroavante, no ano de 1964 do Campo do Artístico, quando disputou o torneio daquela temporada.

Na escalação, observamos o Pedro Hélio (mora em São Paulo), Jolimar (nesse tempo, jogava de goleiro e hoje mora em São Paulo), Caçula (mora em Corrente), Carlos Sá (mora em Sergipe), Gerôncio e Bento em pé.

Abaixo, Chico do Campo, Beca (mora em Terresina, trabalha no BNB). o Danúnzio, Puluca (mora em Teresina) e Chiquinho (in memorian).

Jogando em casa, Cori-Sabbá estreia no Campeonato Piauiense com derrota


Imagem: FlorianoNewsJogando em casa, Cori-Sabbá estreia no Campeonato Piauiense com derrota.(Imagem:FlorianoNews)

Da redação do FlorianoNews redacao@florianonews.com

Abrindo o Campeonato Piauiense de Futebol, a equipe do Cori-Sabbá recebeu o time do Flamengo-PI na noite da última sexta-feira (29), no Estádio Tibério Nunes, em Floriano.

Comandado por um surpreendentemente Marcelo Macedo e pelo elétrico Dudu, o Flamengo tomou conta do jogo e permitia ao Alvinegro restritos contra-ataques.



O primeiro gol, marcado por Macedo, aconteceu após um passe errado do zagueiro do Cori, que acabou abrindo espaço para o adversário. Já o segundo gol do rubro negro veio dos pés Dudu, que ampliou o placar para 2 a 0 contra o Cori-Sabbá.

Apesar da vitória, a revelação do Flamengo reclamou das condições do gramado do Estádio.

“Foi um jogo muito difícil, gramado um pouco regular, a equipe não estava conseguindo muito bem manter a bola no chão, mas acho que valeu pela superação e pelo resultado até agora”,
disse Marcelo Macedo.

O Cori-Sabbá volta a jogar na quarta-feira, dia 3 de fevereiro, em Parnaíba, onde pega o time da casa, no Pedro Alelaf, às 16h00.

1/28/2016

CARNAVAL DE FLORIANO É LANÇADO OFICIALMENTE


Imagem: Waldemir MirandaLançado oficialmente o Carnaval de Floriano(Imagem:Waldemir Miranda)

Fonte: florianonews.com
Muitas cores, animação e um brilho especial que já é tradicional no Carnaval da Princesa do Sul. Assim foi a abertura da festa de momo em Floriano que aconteceu na noite desta quarta-feira (27), no Hotel Rio Parnaíba. 

O prefeito Gilberto Júnior; o presidente da Comissão Organizadora do Carnaval (COC), George Everson e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Idílio Macedo vestiram a camisa do Carnaval 2016 simbolizando a abertura oficial do evento. Em seguida foi exibido um vídeo institucional mostrando as atrações nos quatro dias de folia e as emoções do carnaval de 2015.

“Quero agradecer ao prefeito Gilberto Júnior por ter nos dado esta missão de mais um ano conduzir o carnaval de Floriano, é uma grande responsabilidade. A nossa expectativa é a melhor possível. No ano passado tivemos zero de ocorrência de acordo com a Polícia Militar e Civil. E Floriano vai se tornar pela quarta vez consecutiva o melhor carnaval do Piauí”, 
disse o presidente da COC, George Everson.

O momento foi também de escolha da Rainha do Carnaval e do Rei Momo, disputados entre Jociane Rodrigues, representando a Escola de Samba Mocidade; Jussara Barros, Gaviões e Marana Sousa da Escola Arrocha Um e Aperta o Outro. E para Rei Momo Irapuã Pereira, da Gaviões; Paulo César, Unidos da Princesa; Antônio Luís, Estrela Cadente; Clemildo Santos, Caipira e Antônio Neto representando a Escola Unidos do Samba.

Enquanto os jurados faziam a contagem dos pontos de cada candidato, os foliões prestigiaram a apresentação da Musa do Carnaval de Floriano, Noelma Lopes.

Imagem: Waldemir MirandaLançado oficialmente o Carnaval de Floriano.(Imagem:Waldemir Miranda)

O título de Rainha do Carnaval 2016 ficou com a candidata da Escola de Samba “Arrocha Um e Aperta o Outro”, Marana Sousa e o Rei Momo será representado pelo dançarino Paulo César, da Unidos da Princesa. Ambos receberam faixa, coroa, manto, cetro e a premiação no valor de R$1.000,00 (mil reais).

O prefeito Gilberto Júnior prestigiou o evento. “Na escolha do Rei e Rainha do Carnaval temos a repetição do que aconteceu nos três últimos anos e com certeza estarão representando o município nesta festa maravilhosa”, destacou o prefeito. 

1/21/2016

ZÉ FEINHO - ANTES E DEPOIS

Esse baixinho aí da foto, à esquerda, adivinhem quem é, nada mais, nada menos do que o piolho de bola José Reis da Costa, mais conhecido como Zé Feínho, quando jogava pelo Bahia da Mooca em São Paulo por volta do ano de 1964.
Fonte: Leuter Epaminondas

Encontrei com Zé Feinho aqui em Teresina na altura do Troca-Troca, onde trabalha como fiscal da Prefeitura local e também é chamado de Garrinchinha.

Em Floriano, no início dos anos setenta, ele fundou o famoso São José, que só pegava de goleada, mas obteve uma epopéia lírica no contexto romântico de nosso futebol.

Atualmente, como sempre gostou de música, trabalha como compositor de forró, onde já lançou dois cedês, onde vende bastante para amigos e fãs do gênero. Se vocês tiverem interesse, basta entrar em contato comigo ou com o celular dele: 031.86.9462-3763.
Zé Feinho em São Paulo


Segundo Zé Feínho, " sentimos bastante saudades dos amigos, daquela época sem violência, onde todos buscavam viver com grande tenacidade..."

O nosso amigo José Reis, mais conhecido como Zé Feínho, antigo desportista florianense e dono daquele time São José, que brilhou nos gramados do campeonato florianense de futebol nos anos de 1970, hoje residente em Teresina, servifor da Prefeitura da Capital piauiense, desponta aí com o lançamento do seu mais novo CD de forró.
Zé Feinho hoje

 Dentro das inúmeras composições de Zé Feinho, uma delas o compositor homenageia a cidade de Floriano, cuja letra segue abaixo na íntegra:

O orgulho da nossa gloriosa Floriano
Leste a oeste, norte a sul
Floriano, querida Floriano
É a nossa amada Princesa do Sul

Em mil e oitocentos e noventa e sete
Foi quando lhe consagraram
No dia 8 de julho vindouro
É o seu próximo aniversário

Parabéns, Floriano, parabéns
Parabéns, também, as nossas vidas
Parabéns, Floriano, parabéns
Nós somos filhos desta Floriano querida

Floriano é onde está o nosso orgulhio
clom a sua beleza é a nossa esperança
Floriano nasceu como uma criança
Na sua infância sós cresceu
Os olhos dela sãobrilhantes
Este brilho nunca morreu

A vibração que fica no espaço
Quem faz é a população
De rua a baixo e de rua a riba
No rumo do cais do rio Parnaiba

Floriano foi onde nós nascemos
Engatinhamos tentatndo dar os primeiros passos
Eu te amo, eu te adoro Floriano
Eu quero ter você sempre nos meus braços

Para contato com o cantos e compositor, anotem o seu celular: ( 86 ) 9462-3763, quando de sua aquisição do CD ou podem entrar em contato conosco.

Faleceu seu Deusdith Carvalho

Deusdete com a Família
Faleceu, recentemente, em Floriano, o nosso amigo DEUSDEDITH ALVES DE CARVALHO aos 84 anos de idade.

Deusdedith sempre foi preocupado com a juventude, incentivava os jovens em busca de conhecimento. Formou todos os seus 18 filhos oriundos de dois casamentos consolidados.

Mesmo fora do combinado, o senhor Deusdedith se foi, mas agora fará no céu novas frentes para celebrar seus ideais que plantou aqui na terra.

Depoimento de seu filho César Carvalho:

"Hoje (18/01/16) nos deixa, meu pai, um político ativista no nordeste brasileliro de Floriano-PI, era neto de escravo (manoel antõnio, faleceu com 110 e ainda estava na senzala/1888 e com marcas de chicotadas).......sempre lutou em favor dos pobres e contra os "coronéis" da época, um vereador popular e incansável.....sempre incentivou àqueles que o cercava e que, através do seu jornal "O Brado" dizia a todos que a juventude era o farol que iria alavancar o Brasil,,,,através do estudo.....Pai você formou todos os seus 18 filhos (todos vivos)....que legado meu velho.....apanhamos muito.....mas valeu a pena!!!!!!!!! Deus o premia com lucidez.....vá na Paz aos braços do nosso eterno Pai Celeste!!!"

Campeonato Piauiense de Futebol 2016



Fonte: piauinoticias.com
A representação do Corisabbá que vem treinando forte visando o Campeonato Piauiense de Futebol esteve em atividade nessa tarde de terça-feira, 19, na cidade de Barão de Grajaú-MA.
cori
O time florianense comandado pelo Humberto Santana, que pela primeira comandará uma equipe no município,  teve no Estádio Municipal Gregorão.

Numa entrevista, o treinador Humberto disse que vem fazendo todos os esforços com o elenco e que todos os dias, tem recebido jogadores novos que vem sendo contratados.
  
O professor disse mais, que está tendo pouco tempo para os treinos  e que a equipe tem que jogar na sexta, 29, e não mais no dia 30 como havia sido anunciado. 
  
Em Floriano, é realizado todos os anos no sábado que antecede o carnaval o tradicional Zé Pereira e com isso, chegou a conclusão de que a partida poderia  ser prejudicada se fosse realizada no dia 30.   O treinador pede paciência da torcida e colaboração da imprensa no sentido de que seja feito um bom trabalho.

1/19/2016

Inaugurou-se o Campo de Aviação de Floriano

Extraído do Jornal O Popular, edição de 17 de junho de 1934


Pela Aviação

Inaugurou-se o Campo de Aviação das Tabocas, nesta cidade

Tomou parte na viagem inaugural o Interventor Landry Sales

OUTRAS NOTAS

Foi, finalmente satisfeita a ânsia em que vinha se debatendo há dias, a população dessa cidade, com a vinda, em viagem inaugural, de um avião do correio Aéreo Militar, na última segunda-feira, ao campo da Aviação de Tabocas, em visitas apto a receber dos pássaros mechanicos.

            A expectativa popular era grande desde a manhã de segunda-feira, apesar de ainda não haver, certeza da viagem; mas, cerca de 2 e ½ horas da tarde, alguns foguetões tocados na ordem do Prefeito Municipal, avisavam que o avião decolara de Theresina rumo a Floriano, e então a corrida ao campo foi grande: Automóveis e caminhões em disparada, conduziam os mais felizes e grande número de pedestres de todos os quadrantes afluíam no lugar da aterrissagem para ver o primeiro aeroplano que nos visitava.

            Às 3, 50 o apparelho foi avistado e pouco depois dava algumas voltas por cima da cidade, indo depois pousar no campo, imediatamente cercado da massa do povo que o aguardava em grande satisfação e alvoroço.

            Pilotava o bravo aviador Capitão Macêdo, chefe da linha do correio aéreo Militar, com estacionamento em Fortaleza. E, sempre interessado por tudo o que diz melhoramento para o Estado, em boa hora entregue à sua direção, veio também o Capitão Landry Salles, operoso Inventor Federal no Piauhy.

            A viagem de vinda durou uma hora e vinte minutos, tendo o avião passado por Belém e Amarante. Até essa cidade, foi feito em território piauhyense e dali pra cá, em território maranhense, sendo avistado aqui ao chegar, exatamente por cima do Barão de Grajaú.

            - Ouvimos do Capitão Landry Salles, que cerca de 40 kilometrosque avistara Floriano em vistas das optimas condições de visibilidade que offerecia o dia, perfeitamente límpido.

            Hospedes do Prefeito Theodoro Sobral, aqui pernoitaram os Capitães Landry e Macêdo, tendo retornado a Theresina na manhã de Terça-Feira.

            Daqui partiu o avião ás 8 horas da manhã, e 55 minutos depois aterrissava no campo de Theresina, após optima viagem, muito facilitada pelo vento que lhe era favorável.

            Está em pleno andamento a construção de um campo idêntico ao nosso em Amarante, sendo de esperar que ainda nesse mez seja o mesmo inaugurado.

            -Espera-se, que seja regularizada a frequencia semanal de aviões de correio aéreo militar ao nosso campo, logo após a remessa do relatorio do capitão Macêdo, estando empenhados nisso o Interventor Landry Salles e o Prefeito Theodoro Sobral.

            No dia da chegada dos aviadores, deu-se um desastre de automovel. A cruzar a esquina do Sr. Gabriel Ferreira, o auto de propriedade do Sr. Benidicto Rocha, guiado pelo “chauffeur” João Araujo, alcançou o menor de nome Domingos Vicente, tendo lhe fracturado ambas as pernas.

            O chauffeurpôz-se imediatamente em fuga. A victima está gravemente ferida.

Apoio e Pesquisa: Centro Cultutal Laboratório Sobral - Sempre resgatando a Memória de Floriano
           

Crônica - O primeiro avião de Floriano

Extraído do Jornal O Popular, edição de 17 de junho de 1934


Floriano, 13 de junho de 1934
Eleutério Rezende

Ao reboarem os estampidos de foguetões denunciadores do proximoappaericimento no céu de Floriano do primeiro aeroplano, a sua população, numa onda de enthusiasmo, começou a despejar-se apressadamente por diversas vias rumo ao campo de aviação. Estando eu na fronteira da Villa Maranhense e supondo não haver tempo para transportar-me ao local da aterrissagem do apparelho, dirige-me com algumas creanças ao Morro de PaeDominguinho afim de apreciarmos melhor as evoluções da machinavoadora.

            Encontramos alli uma senhorita com outras creanças. Espernado, conversávamos a contemplar o panorama soberbo que dalli descortina: - a leste, norte e oeste amatta verde e os lucidos reflexos das aguas do Parnahyba que,tortuoso, coleante, semelha monstruosa serpente prateada a deslisar, lenta por entre as arvores viçosas; ao sul o agrupamento confuso e abranquejadoda casaria da cidade; a sudoeste, um pouco além, o campo apinhado de pontinhos claros que se adivinhava serem pessoas.

            De repente um lenhador que trabalhava no sorbé do morro, interrompendo a labuta, exclamou: - Estou ouvindo uma zuada! ... É o avião! ... Prestamos attenção e ouvimos effectivamete o zumbido da helice ao longe. Immediatementeum dos meninos exclama: apontando para o norte: - Lá vem! ... mais augmentava rapidamente e dentro de poucos instantes aproximava-se de nós. As creanças, não podendo conter as manifestações da admiração que lhes empolgava, gritavam, saltando a gesticular desordenamente; e presas do enthusiasmo, fizemos côro com a criançada quando o aparelho majestoso, sereno passou celebre, sobre as nossas cabeças, desenhando a sua silhueta no azul, como uma afirmação victoriosa da capacidade creadora do homem, como uma promessa imensa para o futuro...

            E elevando o pensamento, justifiquei aquela loucura: - Aquillo era relamentebello e era um pedaço de nós mesmos, era a amostra da nossa grandeza, da nossa preponderância, da gloria do Brasil no concerto universal! ...

            Gloria!!!... exclamei, lembrando-me do genial brasileiro que consumira toda a sua existência por aquella concretização; que passara tantas noites num trabalho intelectual exaustivo, com o cérebro quente a solucionar no seu gabinete, problemas incalculáveis, emquanto outros gosavam as delicias do repouso.

            Mas, oh! ... uma tristeza amarga prepassou-me, pela mente: compreendi a sua imensa desilusão, a sua grande dor:  Em vez da grande invenção,

- Traço vivo de união- Tornando em rápida fuzão. A terra uma só nação, Creara, sem perceber, da guerra um novo poder.

Ouvi seus gritos de agonia, os seus lamentos protestando com toda a grandeza de seu coração de brasileiro, perante todos os povos cultos, contra o aproveitamento de sua invenção como arma de guerra, para destruir em vez de construir.

Vislumbrei-o depois a definhar lentamente, desatendido e despresado por todos, até o dia da horrível tragédia final da sua vida de sofredor moral, narrada por Mattos Pimenta; Sobre o céu límpido e brando daquele majestoso dia de julho, voavam dois aviões da Marinha.

.... ao longe o Forte  de Itaipus espreitava o oceano. Na orla do litoral, tropas paulistas moviam-se vigilantes, em atitude belicosa.

Era constrangedor á nossa consciência o espectaculodaquelles elementos de guerra e de extermínio, mobilisados para uma luta encarniçada entre irmãos.

Foi certamente uma visão compungente, daquellas que levou Santos Dumont a desertar da vida, pendendo o corpo em uma gravata, no Hotel de Guarujá. Sobre sua mesa, escripta de seu próprio punho, encontrou-se a mensagem que ele dirigira pouco antes ao poso brasileiro e que assim terminava: ... Apello de quem, tendo sempre visado a gloria de sua pátria dentro do progresso harmônico da humanidade, julga poder dirigir-se em geral a todos os seus patrícios, como um crente sincero em que os problemas de ordem politica e economia que ora se debatem, somente dentro da lei magna, de forma a conduzir nossa pátria á superior finalidade de seus altos destinos.

Ao digno interventor Landry Salles, devemos agradecer por esse acontecimento prenunciador de progresso em nossa terra e tambem ao honrado prefeito dr. Theodoro Sobral, ao qual lembramos, sem que nos possam acoimar de intrometidos, o nome do glorioso inventor para o novel campo de aterrissagem, ao menos como uma das raras homenagens deste pais ingrato que tão pouco o tem glorificado e ao quelelle tanto elevou perante os olhos do mundo culto.

Apoio e Pesquisa: Centro Cultutal Laboratório Sobral - Sempre resgatando a Memória de Floriano 

PRIMEIRO AVIÃO EM FLORIANO




CHEGADA DO PRIMEIRO AVIÃO EM FLORIANO - 1934
Resgate da Memória Da Cidade De Floriano - V Memórias de Djalma Silva

Em 1934, deu-se em Floriano um grande acontecimento. A chegada do primeiro avião.

O fato teve lugar em 14 de julho, com a esticada até a cidade de um aparelho do Correio Aéreo Nacional que fazia a linha Fortaleza -Teresina, comandado pelo Capitão Neto Macedo.

A Prefeitura administrava o campo de pouso no Meladão na previsão de que a linha C.A.N. fosse estendida até Floriano. E, antes que os vôos fossem autorizados, o doutor Teodoro Ferreira Sobral, então prefeito do município, conseguira a vinda oficiosa do aparelho.

Ficou estabelecido que, acertada a hora da saída do avião de Teresina, a população seria avisada por meio de foguetes.

E assim aconteceu.

Pouco depois das treze horas os foguetes estrugiram ( estrondo, barulho ) no ar. O comércio fechou suas portas. As escolas e repartições também. Uma grande massa de pessoas acorreu ao Meladão usando os mais diferentes tipos de transporte; muitas indo mesmo a pé.

Eu fui de jumento. Um lerdo animal, emprestado por José Leonias ( já pensou! ), marido da minha tia Joana. O mesmo, verdadeiramente, um “orelhão” ou filósofo” no dizer do povo, não era de nada. Deixando à sua vontade mal trocava os passos. Picado de esporas e surrado de chibata, apressava-se um tiquinho e voltava a trocar os passos me irritando.Assim que até o campo onde cheguei nervoso e cansado.

Mais ou menos as dezesseis horas o aparelho sobrevoou o rústico campo e pousou na pista arremetendo contra o povo que imprudentemente havia convergido para ela para ver melhor. Um dos imprudentes acenou desesperadamente com as mãos e a população recuou um pouco dando passagem ao barulhento avião que lá adiante parou. Uma poeira infernal, escura, a assistência a correr para a orla próxima da mata. Mas logo depois ela voltou a cingir o aparelho já de hélices paralisadas.

Após pequena demora, o avião alçou vôo. A linha regular só tempos depois seria estabelecida.

NOTAS IMPORTANTES:

1. O único meio existente na época para uma comunicação rápida.
2. Irmã da mãe do autor;
3. O rústico campo é onde está hoje o bairro Irapuá II.

Transcrito do Jornal de Floriano, Edição nº 326 de 1985, por Seu *Nelson Oliveira.
Pesquisa: César de Antonio Sobrinho.

Foto: Teodorinho Sobral / Fonte: www.florianoemdia.com

1/17/2016

CONGRESSO DE FLORIANO

Março - 1964

Nos dias 28 e 29 de março de 1964, estudantes secundaristas, dirigentes de grêmios escolares estavam reunidos em Congresso da Classe na Câmara Municipal de Floriano, a 270 km de Teresina. À noite do dia 29 houve concentração na Praça doutor Sebastião Martins ( em frente à Igreja Matriz ), quando falaram jovens oradores, como Nicolau Waquim Neto, Carlos Cavalcante ( Secretário Geral da UNE ), Francisco Teixeira, José Soares de Albuquerque, principais líderes da época.

O Congresso deveria eleger a nova Diretoria da União Piauiense dos Estudantes Secundarios ( UPES ), então presidida por Ernani Moreira de Aquino, estudante do Ginásio Desembargador Antonio Costa ( Domício ). Mas a noite não terminou bem.

O prédio da Câmara foi cercado por soldados do Exército, a praça onde se realizava a concentração foi esvaziada e os principais líderes "convidados" a entrar nos caminhões que os conduziria a Teresina. Carlos Cavalcantei, Nicolau Waquim Neto, José Soares de Albuquerque e Francisco Teixeira tomaram outro destino, escapando da ação policial.

Os líderes estudantís que ainda permaneciam no prédio da Câmara foram detidos e encaminhados ao veículo. Herculano Moraes era Presidente do Grêmio Nilo Peçanha, da Escola Industrial de Teresina, e estava surgindo como líder da Classe juntamente com outros líderes, como Valério Chaves, do Colégio Municipal Eurípedes de Aguiar, José Reis, do mesmo colégio, Chico Viana, Juraci Leite de Carvalho, Rafael Medeiros e Albuquerque, Manoel Carvalho e outros foram "despejados" na praça Saraiva.

O golpe militar estava apenas começando.

Fonte: 
 
Livro Memória Histórica / 40 Anos de Resistência / Círculo Literário Piauiense ( CLIP ) - 1967 / 2007.

1/15/2016

FALECEU O NOSSO AMIGO CHICOLÉ

Faleceu, ontem, o nosso amigo Chicolé, grande craque do futebol piauiense dos anos de 1960 e 1970.

Chicolé com Amigos

Começou a despontar na cidade de Floriano, quando arrasou como grande jogador de futebol, jogando principalmente pelo Palmeiras de Bucar.

Nossas condolências à família e, como sempre abordamos, Chicolé partiu antes do combinado, mas aqui ficarão as lembranças e no céu certamente fará jogadas bonitas para celebrar a sua história aqui na vida.

Chicolé: de Floriano para fazer história no futebol piauiense

Chicolé, grande figura!
Fonte: sitedobuim.blogspot.com
 O nome de bola podia até parecer esquisito ou engraçado, mas foi mesmo como Chicolé que o florianense Francisco Cesar Lima fez carreira como atleta profissional no futebol piauiense. Francisco Cesar Lima (Floriano-PI, 02/06/1948), surgiu no Ferroviário, de sua terra natal, ocasião em que se destacou e terminou vindo para o River, onde teve uma passagem meteórica.

As grandes alegrias só aconteceram quando o Flamengo apostou no seu futebol e deu-lhe a oportunidade de atuar ao lado de outros craques consagrados, como Matintim, Mota, Gringo, Carlinhos e Décio Costa. Epoca em que viveu um dos momentos mais inesquecíveis de sua trajetória como atleta - o empate com o Sport Recife, pelo Torneio Norte-Nordeste, em 197o. Chicolé entrou no segundo tempo, substituindo a Pedrinho, e fez uma grande atuação contra o Leão da Ilha do Retiro, no Lindolfo Monteiro lotado pela torcida piauiense.

No quadro rubro-negro, Chicolé conquistou o bicampeonato piauiense em 1970/71, atuando mais tarde no Tiradentes e no Moto Clube. Antes de encerrar a carreira, o ponta esquerda de dribles fáceis jogou no Botafogo, em 1975. A torcida não lhe esqueceu, não só pelo apelido engraçado, mas também pelo bom futebol.
Fora dos gramados, além de agrimensor, Chicolé tornou-se um eficiente bancário, passando vários anos nos quadros do Banco do Estado do Piauí, onde terminou se aposentando. Da terra de Vilmar, Zuega, Mocó e Walberto, soube honrar as raízes e também fazer história como um dos ídolos rubro-negros de todos os tempos.
CLUBES EM QUE JOGOU NO FUTEBOL PIAUIENSE

Ferroviário Atlético Clube (Floriano)
River Atlético Clube (Teresina)
Esporte Clube Flamengo (Teresina)
Sociedade Esportiva Tiradentes (Teresina)
Botafogo Esporte Clube (Teresina)
PRINCIPAIS TÍTULOS 
Campeonato Piauiense da 1ª Divisão 1970 (Flamengo)
Campeonato Piauiense da 1ª Divisão 1971 (Flamengo)
ALGUNS JOGOS MARCANTES
11/05/1965 - Ferroviário 1x0 Piauí - Estréia no Campeonato Piauiense, com apenas 17 anos.
08/07/1970 - Flamengo 7x1 Fluminense - Estréia oficial no Flamengo, oportunidade em que marcou também seu 1° gol em Campeonato Piauiense.
25/11/1970 - Flamengo 1x1 Sport Recife - Uma grande exibição de Chicolé no LM.
  
16/12/1970 - Flamengo 1x0 Piauí - O Flamengo é campeão piauiense, e Chicolé conquista seu primeiro título estadual.
25/07/1971 - Flamengo 3x0 River - 1° jogo da final do Campeonato Piauiense.

AABB de FLO vence mais uma etapa


Fonte: piauinoticias.com
AABB, Clube dos Bancários do Banco do Brasil, agência de Floriano, vence mais uma etapa na administração Edvan Costa que reassumiu há pouco tempo.
 edvamk
Com os recursos adquiridos por meio dos sócios, sejam bancários ou não, a presidência vem procurando investir afim de que os usuários se sintam mais prestigiados no momento de procurarem lazer, seja nos meio ou nos finais de semana.

“Desde que assumimos é público e notório a diferença da cara da AABB e, continuamos a trabalhar para melhorar cada vez mais e esse o nosso objetivo”, disse Edvan afirmando que até abril deve ser concluído um investimento que está sendo feito na entidade.

Ele cita que o Clube vai sediar ainda este ano a Jornada Estadual das AABBs, evento que reúne grande número de pessoas e equipes de esportes.

Novos banheiros estão sendo programados para serem construídos, concluiu ele enaltecendo que isso tudo faz parte de um projeto.

1/14/2016

Floriano espera em torno de 25 mil foliões nos quatro dias de Carnaval

Fonte: florianonews.com


Imagem: Gilcilene Araújo/G1

Prefeitura de Floriano espera reunir 25 mil foliões durante os arrastões.(Imagem:Gilcilene Araújo/G1)

Com o tema “Floriano! O Carnaval é Alegria, Beijos e Abraço!”, a cidade conhecida como a Princesa do Sul do Piauí, espera receber 25 mil foliões nos quatro dias de festa. 

A programação para os quatro dias de festa foi definida. e haverá arrastões com a participação dos blocos de rua e trio elétrico.

Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, após os tradicionais arrastões com os foliões haverá shows musicais cuja dispersão acontece na Avenida Esmaragdo de Freitas, na Beira Rio.

“Esta é a grande diferença dos anos anteriores, pois logo após os arrastões, a festa encerrava com apresentações em um palco montado no Cais, próximo ao Clube Zero Grau. Agora, o palco será montado também na Avenida Esmaragdo de Freitas (Beira Rio), onde acontecem os arrastões”, explicou o secretário de cultura do município, Marcos Veras.

Para o secretário, esta mudança trará mais comodidade para os foliões que poderão aproveitar a festa no mesmo local. “Nosso carnaval é tradicional na região Sul do Piauí. Recebemos visitantes de várias cidades, inclusive do Maranhão. Por isso, montaremos o palco principal no local onde será construída a Praça de Eventos da cidade”, destacou.

Os arrastões serão comandados por atrações locais: Anderson Rodrigues, Frank e Eduardo, Romã com Mel, Forró dos Plays. Já a animação no palco de evento será conduzida pelas bandas: Banda Paquera, Banda Triballes, Dani Mellody e Hanna Wanessa. Confira a programação completa abaixo.

Sábado (6/2) – 1º dia de arrastão
Anderson Rodrigues – Trio Elétrico no Arrastão
Frank e Eduardo – Palco na Praça de Eventos
Romã com Mel – Palco na Praça de Eventos

Domingo (7/2) – Festa na praça de eventos
Banda Paquera – Palco na Praça de Eventos
Banda Triballes – Trio Elétrico Fixo na Praça de Eventos
Dani Mellody – Palco na Praça de Eventos

Segunda -feira (8/2) –2º dia de arrastão
Forró dos Plays – Trio Elétrico no Arrastão
Frank e Eduardo – Palco na Praça de Eventos
Romã com Mel – Palco na Praça de Eventos

Terça- feira (9/2) – Festa na praça de eventos (encerramento do carnaval)
Banda Paquera – Palco na Praça de Eventos
Hanna Wanessa – Trio Elétrico Fixo na Praça de Eventos
Dani Mellody – Palco na Praça de Eventos