2/28/2015

RETRATOS

Havia um clima muito bom, compatível para o que compartilhávamos naquele período romântico.

Os anos de 1960, em Floriano, tiveram a sua efervescência natural, o seu apogeu, principalmente dentro do contexto do desporto. O amadorismo era a pauta do momento e diversos líderes postavam sua coragem e determinação na condição e realização dos torneios futebolísticos.

Tinha o Flamengo de Tiberinho, o América de Bezerra, o Fluminense de Fabrício, o Botafogo de Gusto, o Santos de Cuia e, obviamente, o time do São Paulo de Carlos Sá, filho de Geraldo Teles.

Na foto acima observamos os piolhos de bola escalados para aquela tarde briosa do campo dos artistas no ano de 1964, num domingo inspirador para os atletas.

Pedro Hélio, Jolimar, Caçula, Carlos Sá, Gerôncio e Bento, em pé; agachados, Chico do Campo, Beca, Danúnzio, Puluca e Chiquinho, comandando a decisão do torneio.

Tempos que, apesar de acirrados, nos proporcionavam alegria imensa de viver.

Nenhum comentário: