9/21/2013

RETRATOS

Dentro do contexto lírico de nosso centro histórico, aí observamos a velha loja Casas Pernambucanas e a tradicional Mascote, com alguns transeuntes passeando, como se fosse uma tardinha de domingo, próprio para se  assistir uma bela matinê no Cine Natal.
 
Segundo nos lembra o Tibério Melo, um de nossos assíduos leitores, " a Mascote é o quiosque mais perto das Lojas Pernambucanas, por muito tempo explorada pelo Sr. João e D. Dora, casal muito distinto. Lá eles preparavam vitaminas, refrescos, cachorros quentes (era com carne moída), caldos, pastéis, etc. O outro quiosque era de venda de revistas. É o original da Rosa de Ouro do Sr. Camilo. Colado às Lojas Pernambucanas havia o Seu Tufí, a Loja do Michel (inicial), atrás da Igreja o Posto de aluguel de Bicicletas do Mestre Walter. Neste espaço todo ouviam-se as transmissões, por rádio, dos jogos dos campeonados de futebol e da Copa do Mundo de 58 e 62. Maravilha!"
Essas lembranças nos fazem sentir saudosos em poder reviver, por aqui, essa epopéia lírica daqueles bons tempos.

Nenhum comentário: