6/18/2013

Câmara Municipal de Floriano realizou primeira Sessão Ordinária da segunda quinzena de junho



Foi realizada na noite da última segunda-feira (17), no auditório Milad Kalume, da Câmara Municipal de Floriano, a primeira Sessão Ordinária da segunda quinzena do mês de junho.

No início da Sessão Vereador Maurício Bezerra (PTB), que estava como Primeiro Secretário da Casa Legislativa, fez a chamada nominal dos parlamentares, a leitura da Ata da Sessão anterior e a leitura das Proposições para apreciação em Plenário pelos vereadores presentes.
Na Sessão foram debatidas em plenário 17 Requerimentos, 1 Projeto de Lei, 1 Projeto de Resolução, 1 Emenda Aditiva e 3 Ofícios enviados a casa.

O Presidente da Câmara Municipal, vereador Manoel Simplício (PV), abordou na tribuna sobre a distribuição das casas do Conjunto Habitacional Filadelfo Freire de Castro, no bairro Meladão. O parlamentar não concorda com a forma com que a distribuição foi feita, pois segundo ele, muitas das pessoas que são sorteadas já têm moradias e utilizam as casas para aluguel.

Para Manoel Simplício, deveria ser utilizado um critério diferente para distribuir as casas a quem realmente precisa.

“O Governo que diz estar ajudando os pobres está desajudando dessa maneira, porque aquele que precisa não está recebendo as casas”, disse.

O vereador Antônio Reis (PSDC), tratou de vários assuntos, mas especificamente falou da questão do abastecimento de água na cidade de Floriano.

Em contato com a Agespisa o parlamentar pôde identificar alguns problemas, como parte de captação de água. O município tem apenas uma bomba de grande vazão, que está com a sua vida útil quase esgotada.

“Nós precisamos fazer com que a Agespisa possa executar a aquisição desse equipamento. Floriano pode entrar a qualquer momento num colapso de água”, alertou.

Ainda em relação ao problema de falta de água na cidade, o vereador Antônio Reis recebeu informações de que está sendo feita a interligação do bairro Rede Nova com o bairro Taboca, o que promete dentro de poucos dias solucionar o problema de falta de água na Taboca.

“Nós vamos encaminhar sete Requerimentos a Agespisa de Teresina para que ela possa tomar providências urgentes, porque senão Floriano terá em breve um grande problema de abastecimento de água”,
disse Antônio Reis.
O vereador André Melo (PT), abordou o Projeto de Lei n.º 049/2013, institui o Parlamento Jovem de Floriano e os Requerimentos n.º 315/2013, solicitando a realização do I Seminário de Discussão das Diretrizes de Incentivo à Cultura e ao Esporte de Floriano - SEDDICE-FLO e de n.º 316/2013, solicitando que seja realizado o I Encontro de Discussão das Ações e Políticas Públicas para a Juventude - EDAPPJU.

O vereador Mauricio Bezerra (PTB) apresentou o Projeto de Resolução nº 001/2013 que dispõe sobre a Implantação da Ouvidoria do Parlamento Municipal de Floriano, ampliando os canais de comunicação entre a população e os parlamentares. A medida visa a efetivação da democracia, fomento ao exercício da cidadania e organização dos trabalhos da Câmara de Floriano.

O parlamentar solicitou ainda o reajuste dos servidores, que ainda não foi feito este ano e uma melhoria na parte da limpeza da cidade. Mauricio Bezerra não concorda com a forma que está organizada a limpeza, através do mutirão nos bairros e explicou que os bairros não podem esperar tanto tempo para serem limpos.

“Estamos pedindo que a Prefeitura possa contratar mais homens para esse trabalho. Ao nosso modo de ver, da forma que está sendo feita hoje será resolvido o problema, mas se contratar mais homens, mais emprego será gerado e o problema será resolvido com maior rapidez”, explicou.

O parlamentar falou ainda sobre o micro-ônibus de fisioterapia, que por algum problema mecânico está atualmente parado.
O vereador Miguel Vieira de Barros (PTB) usou a palavra para fazer novas cobranças ao Poder Público Municipal em relação a melhorias na cidade.

“Falamos sobre os temas que merecem relevância em nosso município, que é a prestação de serviço público a comunidade carente e nosso papel aqui, enquanto representantes do povo, é cobrar, para que o Poder Público acelere o passo no sentido de levar as comunidades a serviços de qualidade” esclareceu.

Segundo o vereador Fabio Braga (PP), a Sessão Ordinária foi muito proveitosa. No calor dos debates a Sessão se estendeu um pouco além do tempo normal, mas de acordo com o parlamentar isso é sinal de que os colegas querem trabalhar, buscando o melhor para acidade de Floriano.

“A Sessão foi muito participativa, onde a gente pôde discutir os problemas da cidade e principalmente apontar possíveis soluções, porque o papel do vereador é fiscalizar, sugerir, reivindicar, mas também apontar soluções para colaborar com o Poder Executivo”,
finalizou Fabio Braga.

Fonte: florianonews.com

Nenhum comentário: