4/16/2013

RETRATOS


C. R. Brasil
Estamos observando na foto uma fenomenal formação do famoso Clube de Regatas Brasil do meio de campo Almeida ( irmão de Zé Tarzan ) no ano de 1972.

Dentro do contexto romântico de nosso futebol, tratava-se de uma jornada esportiva no antigo estádio Mário Bezerra, quando o Brasil vencera o Auto Esporte de Teresina por dois tentos a um, com gols de Cléber e Antonio Luiz, numa bela homenagem que faziam, à época, ao nosso querido desportista Defala Attem ( in memorian ) de saudosas lembranças.

De pé da esquerda para direita, observamos os piolhos Milton Costa, Pedro Atem, Esternil, Tequinha, Careca, Antonio Ulisses, Almeida, Nozinho e Raimundo Rego.

Agachados, na mesma ordem - Chicolé, Pedrão, Reinaldo, Sádica, Zeca Futuca, Antonio Luis “Bolo Doce”, Cleber Ramos e Zé Baixinho.  

Numa outra determinandajornada esportiva, ainda nos anos setenta, Zequinha Futuca estava destacando-se naquela peleja, no Mário Bezerra, massacrando o time adversário com o seu belo toque de bola.

No entanto, quando de uma arrancada pela direita, Zé Buraco cruza na área. Zequinha Futuca, elegante, cabeceia a pelota no canto esquerdo do goleiro João Martins, que ficara vendido no belo lance.

O curioso é que o bandeirinha Cangati, num erro lastimável, marcara impedimento de Zequinha. O atacante, furioso, fica parado um bom momento, com as mãos na cintura, olhando para Cangati, soltando os cachorrros:  

- Ah, nego filho de uma mãe!!!

Nenhum comentário: