3/08/2013

PROJETO ANTI-DROGAS


A Escola Normal Osvaldo da Costa e Silva, em Floriano, realizou na noite desta quarta-feira (06), a culminância de um projeto oferecido pelo Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo), em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e a Secretaria de Educação do Piauí.

Intitulado “Quem se valoriza não se droga”, o projeto interdisciplinar teve a duração de seis meses e contou com a participação de todos os alunos da escola.

As escolas devem criar estratégias que possam envolver toda sociedade no enfrentamento coletivo dos problemas relacionados ao consumo de drogas lícitas e ilícitas, por esse motivo o projeto realizado se dedicou a promover um amplo trabalho de educação para prevenir o uso de entorpecentes nas escolas da cidade e região.

De acordo com a professora Vera, a culminância do projeto dá início a um novo projeto nas escolas, visando sempre a prevenção do uso de drogas nas escolas, na família e na sociedade em geral.
Uma faixa de 800 alunos participaram do projeto “Quem se valoriza não se droga”, que realizou reuniões com familiares dos alunos, coordenação pedagógica, comunidade e conselhos.

A iniciativa foi considerada muito boa, por ser pioneira na cidade de Floriano. Nos últimos vinte anos, o consumo de drogas, principalmente o de bebidas alcoólicas, vem aumentando no Brasil. Não diferentemente a cidade de Floriano vem presenciando este fato, mas, infelizmente, os professores não são preparados para situações de conflito com drogas no meio escolar.

Fonte: florianonews.com

Nenhum comentário: