4/16/2012

RETRATOS

Visão do prédio atual do antigo Hospital Miguel Couto ( FOTO ), hoje ocupando a sede da Diocese de Floriano, recentemente reformado.

A arquitetura está muito bonita de se ver, mas aqueles antigos arvoredos desapareceram. Lembramos, também, os traços originais da arquitetura do passado que havia, que davam traços líricos à Floriano de antigamente.

O negócio é que o mundo moderno, a competição e a busca de mudanças, esses parâmetros de consumo evidencia uma nova realidade em que vivemos e Floriano não foge à regra.

Mas, em todo caso, seria de suma importância, se todos nós, a sociedade local, junto aos órgãos competentes, atentassem para a preservção do centro histórico da cidade, porque logo, logo outros casarões poderão ser alterados em sua estética, sem nenhuma atitude inovadora de acompanhamento de seu tombamento pelas autoridades.

Um comentário:

Chico Kangury - Teresina disse...

Acho que jamais poderiam mexer 100% na beleza secular do Hospital Miguel Couto. A sua Arquitetura era muito bela e interessante. Mas, são as evoluções da vida moderna, que vem retirar de circulação o verde da natureza, que transmite o nosso viver, em especial o passado. É viver...