3/25/2012

Afastamento do Superintendente Municipal de Trânsito de Floriano

A Justiça acatou o pedido do Ministério Público e determinou o afastamento do Superintendente Municipal de Trânsito do Município de Floriano (SUTRAN), o Vereador Carlos Antônio. A equipe de reportagem obteve acesso aos documentos do processo que estão disponíveis no site do Tribunal de Justiça do Piauí.

A ação foi proposta após denuncias de que houve enriquecimento Ilícito quando o superintendente utilizou as instalações e material de expediente da SUTRAN em benefício do Sindicato dos Taxistas, órgão do qual é presidente.
O Ministério Público também pontuou que em Floriano existe uma indústria de multas.  “Algo nebuloso ocorre nos bastidores da SUTRAN, eis que, se considerarmos o caos atual do trânsito florianense, o volume de multas seria bem superior, e em consequência a arrecadação aumentaria”.

Carlos Antônio também se defendeu durante o processo, alegando que “O motivo que leva os seus associados a procurar o seu Presidente na sede da SUTRAN é que lá os mesmos tem a certeza de que irão encontrá-lo, eis que é o atual superintendente do órgão, além do que é na própria SUTRAN que os taxistas solicitam seus alvarás de funcionamento, portanto, local também afeito às suas atividades laborais.”

Com base nos fatos, o Juiz Aderson Antonio Brito Nogueira resolveu afastar o superintendente das suas funções. Procurado por nossa reportagem, Carlos Antônio afirmou ainda não ter sido notificado da decisão e vai se manifestar no momento oportuno.

Fonte: noticiasdefloriano.com.br

Nenhum comentário: