3/30/2012

RETRATOS


Maria de Loudes Batista
de Melo

Tete

Bela foto, me parece que de 1957, lembro-me bem do dia em que foi tirada.

Era uma manhã por volta das
9 horas na praça Doutor Sebastião Martins. A Lenka era pequenina e eu estava no dia.

Esta saia de mamãe era de um tecido tipo piquê, godeau, branca, estampada
com quadros tipo jogo da velha, uns pretos outros cinzas. A blusa não me lembro a cor.

A foto refletia o perfil da mamãe na época de mulher parideira, cansada de
tanto parir.

Já devia estar grávida de ti.

Abraços

Tibério

3/29/2012

RETRATOS

Estávamos dando umas voltas por entre ruas e becos da cidade, ali, pelo rumo dos antigos americanos, quando nos deparamos com alguns amigos de outrora num barzinho na altura do final da rua Defala Attem, já chegando no Anel Viário.

Começamos a bater um bom bate papo eu, o Juvenal ( irmão de Deloíde ), e Paulo ( irmão de Nitinha ), relembrando a infância apreciando uma cervejinha de leve.

Juvenal fazia parte da liga dos árbitros de futebol da Floriano, ví muitos jogos no passado com ele apitando muito bem, correto na aplicação das regras, dirigiu até finais de campeonatos locais de várzeas e no antigo estádio Mário Bezerra.

O Paulo, esse ainda mora em Floriano, sempre buscando boas amizades para integrar-se ao dia a dia, gente boa, somos amigos de infância dos tempos dos filmes do Cine Natal, peladas, pescarias, tudo o que se diz respeito aos bons tempos de Floriano.

A vida hoje é concorrida, disputada, acirrada em todos os sentidos; portanto, é sempre importante buscarmos essas fontes de outrora, para nos deixar mais confortáveis no dia a dia.

3/28/2012

RETRATOS

O velho campo dos artista ( foto atual ) ainda nos prestigia com aquele antigo pé de caju, onde eram acontecidas as resenhas das partidas e as discussões entre os torcedores e atletas, principalmente nos anos sessenta.

Mas eu me lembro, que naquela ocasião, num domingo quente de julho de setenta e um, disputavam o torneio o time dos gladiadores contra os invencíveis de Kebinha.

A equipe dos gladiadores era formada, nesse dia, por Nelson Júnior como goleiro, Fernando de Né Santo, Paulo Bababá, Pateta, Marinho, Alvinho, Vevé, Judesmar e Mancada; já os invencíveis atuaram com Kebinha, Herbran, Chico Lista, Miranda, Ivan no gol, Gunga, Miesse e Chicão da rua do Cruzeiro.

A movimentação dos times era acirrada, lances sendo disputados com muita desenvoltura e técnica por parte dos jogadores, mas num lance decisivo, Fernando decide a partida num gol de absoluta sorte, quando o zagueiro Gunga deixa escapar a bola.

A resenha, esta não poderia deixar de ser, num belo banho no cais do porto, com muito bate papo e a expectativa do ver o caubói na sessão matinê do velho Cine Natal.

3/25/2012

Afastamento do Superintendente Municipal de Trânsito de Floriano

A Justiça acatou o pedido do Ministério Público e determinou o afastamento do Superintendente Municipal de Trânsito do Município de Floriano (SUTRAN), o Vereador Carlos Antônio. A equipe de reportagem obteve acesso aos documentos do processo que estão disponíveis no site do Tribunal de Justiça do Piauí.

A ação foi proposta após denuncias de que houve enriquecimento Ilícito quando o superintendente utilizou as instalações e material de expediente da SUTRAN em benefício do Sindicato dos Taxistas, órgão do qual é presidente.
O Ministério Público também pontuou que em Floriano existe uma indústria de multas.  “Algo nebuloso ocorre nos bastidores da SUTRAN, eis que, se considerarmos o caos atual do trânsito florianense, o volume de multas seria bem superior, e em consequência a arrecadação aumentaria”.

Carlos Antônio também se defendeu durante o processo, alegando que “O motivo que leva os seus associados a procurar o seu Presidente na sede da SUTRAN é que lá os mesmos tem a certeza de que irão encontrá-lo, eis que é o atual superintendente do órgão, além do que é na própria SUTRAN que os taxistas solicitam seus alvarás de funcionamento, portanto, local também afeito às suas atividades laborais.”

Com base nos fatos, o Juiz Aderson Antonio Brito Nogueira resolveu afastar o superintendente das suas funções. Procurado por nossa reportagem, Carlos Antônio afirmou ainda não ter sido notificado da decisão e vai se manifestar no momento oportuno.

Fonte: noticiasdefloriano.com.br

3/23/2012

RETRATOS

Trecho da rua Defala Attem, que dá acesso à praça doutor Sebastião Martins no cruzamento da padre Uchoa, numa dessas nossas últimas estadias na  Princesa do Sul.

Floriano, graças a Deus, ainda conserva um bom verde, paisagens, florestas, mas precisamos fazer acontecer as parcerias, no sentido de preservar o que ainda nos resta de ambientes naturais.

A criação de parques ambientais, por exemplo, seria um caminho, para que a nossa população possa ter acesso a atividades naturais, fugindo, assim, desses conceitos novos de consumo prversos. Observamos, por outro ângulo, que a zuada dos sons dos carros na Beira Rio e outras adjacências na cidade, ainda continuam a perturbar a ordem dos bons costumes.

Floriano precisa manter os seus arvoredos, os seus prédios antigos, naturalmente, para poder pleitear um novo futuro, diferente e revitalizar seus mananciais e a sua cultura.

Vamos à luta!

3/22/2012

Sessão Solene em homenagem ao Rotary Club Internacional



Por Jaquelina Nascimento

Os rotarianos do município de Floriano foram homenageados na Câmara Municipal na noite desta terça (20/03) às 20 horas em Sessão Solene solicitada pela vereadora Ana Cleide (DEM); estiveram presentes os seguintes vereadores: Salomão Holanda (PRB), Edvaldo Araújo (PT), Antônio Reis (PSDC), Ana Cleide (DEM), Celso Cavalcante (PSB) e Lauro César (PDT).
As seguintes personalidades compuseram a mesa: Salomão Holanda (PRB), presidenta do Rotary Club Floriano Lizane Atem, José leão, Ana Cleide (DEM), Maurício Bezerra e Cândida Góes.
Salomão Holanda (PRB) presidiu a Sessão Solene cumprimentando todos os senhores e senhoras presentes e disse que sob a proteção de Deus irá iniciar a sessão e que é um momento de muita alegria estar com todos nessa atividade tão importante para o Brasil e para a cidade de Floriano; em seguida todos ficaram de pé para a execução do hino nacional.
Em meio a muita alegria a vereadora Ana Cleide (DEM) falou que esta Sessão Solene se soma a tantas outras na Casa com o objetivo de realizar ações concretas. “Os negócios fazem parte da ciência humana, mas se beneficia aqueles que servem ao companheiro; o Rotary tem por meta clara atingir a solidariedade social e tem líderes das mais diversas profissões possíveis com o intuito de ajudar as comunidades carentes”, afirma.
O vereador Antônio Reis (PSDC) se pronunciou em nome dos vereadores presentes e disse que o Rotary é uma organização que tem a importância muito grande de um mundo mais próspero e mais solidário. “Sabemos que vivemos em um processo de construção de uma sociedade que todos desejam mais justa, igualitária e mais plural; sabemos que o estado não dá conta de atender esse mundo que desejamos”, enfatiza.
“Essa sociedade que tanto desejamos precisa ser repensada; no dia dia presenciamos na mídia cenas que precisam ser repensadas. Não acredito em uma sociedade justa se não cuida de uma sociedade justa”, afirma Antônio Reis.
O presidente do Rotary Club de Floriano – Distrito 4490 José Leão apresentou a história da entidade em nível internacional e nacional e em seguida enfatizou que o Rotary foi idealizado por um jovem advogado dos EUA e três amigos que formaram uma organização composta por pessoas de negócios para discutir assuntos importantes e fomentar a amizade cuja missão é servir ao próximo.
Estiveram presentes também as seguintes personalidades florianenses:
Gessimar Miranda, Maria José Silva Monteiro, presidente da associação dos trabalhadores da construção civil Zé de Tila, Honorato Drumont, Maria José Leão, comandante B Vieira, Conegundes Gonçalves de Oliveira, José Bruno dos Santos, Dr. Matias, Calixto Miranda, Antão Reis, Amara Procópio, professor Gilmar Duarte, Marli Reis, entre outros
Saiba mais
Rotary é um clube de serviço presente em todo o mundo e fundado nos Estados Unidos. O Rotary é ao mesmo tempo uma organização internacional voltada para compreensão e concórdia universal, um movimento de estímulo a uma ação profissional e comunitária ética e responsável e, principalmente, milhares de clubes que reúnem pessoas e famílias com certas afinidades e que compartilham momentos de companheirismo e de trabalho comunitário.
Como o Rotary abriga mais de um milhão de indivíduos em quase duzentos países e regiões administrativas, não é possível dar-lhe uma definição exata que represente a visão de todos os clubes e de todos os rotarianos. Este artigo procura descrever a prática média do rotarianismo no Brasil, onde está a maior parte dos rotarianos lusófonos. Artigos em outros idiomas poderão apresentar visões diferentes.
Objetivos de Rotary
O objetivo do Rotary é estimular e fomentar o ideal de servir como base de todo o empreendimento digno, promovendo e apoiando:
·         O desenvolvimento do companheirismo como elemento capaz de proporcionar oportunidades de servir;
·         o reconhecimento do mérito de toda ocupação útil e a difusão das normas de ética profissional;
·         a melhoria da comunidade pela conduta exemplar de cada um na sua vida pública e privada, e
·         a aproximação dos profissionais de todo o Mundo, visando à consolidação das boas relações, da cooperação e da paz entre as nações.







3/21/2012

PAIXAO DE CRISTO - 2012

Um dos mais belos espetáculos de fé ao ar livre acontece na cidade de Floriano, a 240 km de Teresina. A Paixão de Cristo, realizada pelo Grupo Escândalo, legalizado Teatro (Escalet), conta com um elenco de 350 atores locais e nacionais. Dentre eles está o ator global Alexandre Slaviero, que interpretou Armandinho na novela “Ti-ti-ti”, e agora irá viver o personagem Pôncio Pilatos. O ator dividirá o palco com Gustavo Leão – que será Herodes – e Débora Kalume (natural de Floriano), a Salomé. O grande espetáculo, dirigido por César Crispim, acontecerá no dia 7 de abril, às 20h, na cidade cenográfica.

“Minhas expectativas para a Paixão de Cristo são as melhores possíveis. Primeiro pela história, e depois pelo fato de vir a representá-la para um grande publico num teatro aberto, ao ar livre. Sempre um desafio interpretar para muita gente uma história tão conhecida”, afirma Alexandre.

Além de estudar o texto e assistir filmes relacionados ao tema para o espetáculo da Paixão de Cristo, Alexandre Slaviero está envolvido em um projeto de teatro – um texto cômico, que esta em pré-produção, e deverá estrear o mais breve possível. “Também estou envolvido em um projeto de cinema, que mediante agenda, deve vir a ser rodado no segundo semestre, fora do Brasil”, adiantou o ator.
 
Pilatos foi o governador romano que por volta de 33 foi enviado para Jerusalém com objetivo de pôr ordem à situação que havia se instalado na região, após a dominação do império romano. Em Jerusalém, ele se depara com situações complicadas que vai desde a revolta do povo da Galiléia com os impostos cobrados por Roma até o surgimento de profetas como João Batista e Jesus Nazareno. O governador lava as mãos ante o julgamento de Jesus, que acaba sendo crucificado.
 
A Paixão de Cristo de Floriano conta com apoio do governo do estado, prefeitura de Floriano, Caixa Econômica Federal, Ministério da Cultura e Lei de Incentivo a Cultura e entidades privadas.
 
Mais sobre Alexandre Slaviero
 
Alexandre, que já era modelo, decidiu começar a fazer teatro amador em Curitiba, sua cidade natal. “A família, no começo, não imaginava que eu viesse a me profissionalizar, mas desde o início me apoiou, e o fazem até hoje”, afirmou o ator.
 
Sobre ser ator, o curitibano acredita que é uma profissão com dificuldades e benefícios. Algumas das dificuldades são, no caso de Alexandre, a distância da família e amigos, a concorrência e muitas vezes a ausência de uma rotina diária.
 
“Já alguns benefícios são, poder, através dos personagens, vivenciar e aprender coisas as quais não faríamos em nossas vidas, como uma outra profissão, por exemplo”, afirmou. Ele disse ainda que pelo intenso ritmo de vida, se conhece muita gente nova e diferente, pelo fato de a cada trabalho contar com equipes diferentes, além dos lugares e locações de gravações.
 
Fonte: Cidade Verde

3/20/2012

MORRE EM TERESINA O EMPRESÁRIO FLORIANENSE LUIS DE SOUSA BRANDÃO

Morreu em Teresina, no último final de semana, onde estava em tratamento de saúde, o empresário florianense Luiz de Sousa Brandão, que morava no bairro São Borja.

De acordo com Luiz, um dos filhos do empresário, o mesmo foi a Teresina para fazer exames de vista, mas começou a sentir um  problema em uma das pernas, que foi se agravando de forma rápida; no entanto, e ele teve que ser internado e esteve desde a quarta-feira, 14, no Hospital Aliança.

Seu Luis, conta um dos filhos, teria tido um infarto nesse espaço de tempo, que certamente prejudicou ainda mais a sua saúde, que já vinha fragilizada há cerca de um ano. O empresário, que morreu por volta das 4:00 da manhã do sabado, 17, deixa três filhos.

O corpo foi velado na casa da família no bairro São Borja, por familiares, amigos e populares. O sepultamento foi no fim da tarde de sábado no cemitério Central São Pedro de Alcântara, bairro Manguinha.

Fonte: piauinoticias.com

3/17/2012

RETRATOS

João de Deus Alves

O Julimar Alves Nogueira foi quem nos proporcionou, do fundodo baú, a edição deste retrato de seu pai, o senhor João de Deus Alves, venerável da Maçônica Igualdade Florianense e integrante como músico trompetista da Banda Euterpe Florianense, onde prestou relevantes serviços à comunidade florianense.

Seu João de Deus Alves, veio da cidade de Rio Grande do Piauí, cidade onde nasceu, pai do historiador florianense Djalma Silva, nasceu no dia 08 de março de 1901, era filho de seu Izaque Alves da Silva e de dona Maria Rodrigues de miranda.

Era funcionário da antiga Mesa de Renda, foi Presidente da Tenda São Francisco de Assis da Federação Espírita local. Teve dois casamentos, o primeiro com a dona Corina e o segundo com a dona Teresina Alves Nogueira e teve vários filhos espalhados por esse Brasil a fora, o Didácio, Joana, Corina, Josimar, Jonas, Irismar, Irisdalva, Jonas, Teresinha, dentre outros.

Precisamos, sempre, reviver o passado, para nos deixar reflexivoso quanto ao nosso futuro na construção do desenvolvimento da Princesa do Sul.

3/16/2012

REENCONTRO DE FLORIANENSES NA CAPITAL

Tempo desses proporcionamos um reencontro de florianenses em Teresina ( foto ) no encontro dos rios, onde a velha guarda pode reviver bons momentos vividos em Floriano, relatando belas histórias e resenhas, fatos que tiveram boa importância no contexto lírico de nossas andanças.

Aproveitando essa idéia, resolvemos instituir um calendário anual para novos reencontros aqui na Capital piauiense para aqueles florianenses que quizerem relaxar e bater um bom papo. O reencontro é destinado a todos aqueles que amam a Princesa do Sul.

Abaixo, observem bem a data e o local para os próximos debates, todos esses eventos serão realizados aos sábados a partir das 11 horas, regados a uma boa gelada e um churrasquinho de primeira, que será divida a despesa entre todos os presentes:

Março, dia 31 - Carneiro na Brasa na rua Ríver; abril, dia 28 - Maresia na avenida João XXIII; maio, dia 26 - no encontro dos rios; junho, dia 30 - na associação da Caixa Econômica, APCEF; julho, dia 28 na AABB de Teresina na avenida João XXIII; agosto, dia 25 - no Clube Eldorado Country Club no bairro São João; setembro, dia 29 - no bar do Carlito na rua Coelho de Resende; outubro, dia 27 - no clube da ADUFPI; novembro, dia 24 - Riverside Work Shopping; dezembro, dia 29 - no Teresina Shopping.

Portanto, atenção, amigos Cristóvão, Kanguri, Chicolé, Iran, Puluca, Gilberto, Janjão, Nilson Coelho, Paleca, Yeié, Luís Antonio e outros florianenses, no próximo dia 31 de março realizaremos o nosso próximo reencontro no Carneiro na Brasa, compareçam, façam o possível e o impossível para participarem, levando, se for o caso, alguma novidade, fotos, textos e suas lembranças, vamos desfrutar dessa nova MANIA.

Qualquer sugestão, entrem em contato conosco!

PAIXAO DE CRISTO

Com a proximidade da Semana Santa muitos piauienses já se preparam para visitar destinos que são considerados roteiros turísticos religiosos. Segundo a turismóloga e diretora de Planejamento da Setur, Ermínia Medeiros, atualmente o Piauí possui cidades com uma maior tradição religiosa nesse período, dentre elas podemos destacar: Oeiras, Picos, Santa Cruz dos Milagres, Floriano e Bom Jesus.

“A religiosidade desse período fica ainda mais forte, principalmente na cidade de Oeiras que possui procissões famosas como a Procissão dos Passos e do Fogaréu que reúnem milhares de fiéis. Outros municípios que já têm tradição turística nesse período são Bom Jesus e Floriano, que contam com apresentações teatrais da Paixão de Cristo”, diz.

Quem procurar a cidade de Oeiras na Semana Santa vai encontrar religião, arquitetura e a história da primeira capital do Piauí. A Procissão dos Passos, que abre a Semana Santa, é rica em símbolos e presença humana. A procissão segue parando nos cinco Passos, em cada um se repete o ritual de cantos, queima de incenso e benção de Santo Lenho. Entre as cerimônias religiosas destaca-se ainda a Procissão do Fogaréu, composta somente por homens carregando sua vela.

No roteiro turístico da primeira capital do Piauí, a sugestão é conhecer a Igreja da Vitória, o centro histórico e as Comunidades Quilombola dos Potes e a Fazenda Guaribas, na vizinha cidade de São João da Varjota. Os destaques são para o artesanato feito pelos quilombolas da região.

Em Jerumenha, a Igreja de Santo Antônio, construída pelos escravos, é outra atração. O roteiro leva a Guadalupe, com seu balneário, o lago e a Barragem de Boa Esperança. Neste roteiro, tem também Amarante, conhecida como “a terra do poeta Da Costa e Silva”, e “a terra da Comunidade Quilombola Mimbó", onde há casarios históricos e um rico acervo cultural. É possível fazer passeios de barco pelo Rio Parnaíba até o encontro com o Rio Canindé, no qual o visitante desfruta e contempla a serra e o Morro da Arara.

Para quem aprecia teatro, a opção é se emocionar com a apresentação da Paixão de Cristo, feita pelo Grupo Escalet em Floriano. A apresentação será no dia 7 de abril, na Cidade Cenográfica, às 20h. A estrutura que impressiona começando pelo segundo maior Teatro a céu aberto do Brasil, conta com um elenco de 350 atores em cena e 35 técnicos das diversas áreas das artes cênicas. Para enriquecer e valorizar a encenação o grupo conta, desde 2002, com a participação de atores de projeção nacional, este ano estão confirmados os atores Alexandre Slaviero, Gustavo Leão e Deborah Kalume. As informações do espetáculo estão disponíveis no site paixaodecristopi.com.br/2012.

Ermínia Medeiros informa que a cidade de Floriano conta com uma boa estrutura para receber os turistas. “Floriano possui uma boa rede hoteleira, restaurantes, bares, lanchonetes com comidas típicas do Piauí e cardápios diversificados, além da estrutura turística como bancos, hospitais, corpo de bombeiros, policiamento militar, civil, rodoviário e de trânsito”, enfatiza.

Piaui.gov
Piauinoticias.com

3/14/2012

RETRATOS

Bloco Os Pilantras - 1971
...
Dentro do contexto romântico dos anos setenta, conseguimos através do nosso querido amigo e carnavalesco César Augusto, filho do saudoso Antonio Sobrinho, uma fotografia antiga de 1971 do famoso bloco OS PILANTRAS, que reunia a nata da sociedade florianense.

Essa imagem inesquecível, raríssima, foi tirada pelo mais destacadado nome da fotografia da Princesa, o Leuter Epaminondas (in memorian) na entrada da igreja matriz, onde podemos destacar figuras ilústres, que realmente, sim, sabiam brincar carnaval, senão vejamos:

Na foto, a maioria dessa rapaziada tinha em torno de 14 a 17 anos, mas também havia carnavalescos veteranos, como João de Deus Barbosa (Fiscal do Ginásio Primeiro de Maio), Carlito e Parnaibano (irmãos de Jolimar, o grande goleador do futebol florianense); e podemos ainda ver os foliões Geraldo Magela, Eié, Roberto Pernambucano, Marcelo Guimarães, Nilsinho, Adelmar Neiva, Klinger, Bé, Bené Silva, Zé Paraguassú, César, Elzinha, Carlito, Paulo Henrique, Chico Lista, Didi, Eloneide, Marco e Marcondes de Itamar, Eurico, Paulo Roberto, Juarez, Pauloinho e outros que ainda vamos relembrar.


Tempos que não voltam mais, mas que nos conforta resgatando e divulgando para as novas gerações o contexto cultural romântico daqueles saudosos momentos de paz e tranquilidade.

RETRATOS

Banda Euterpe Florianense

Segundo nos conta o livro Floriano de Ontem e de Hoje, de autoria de Teodoro Sobral, A Banda de Música Euterpe Florianense, da União Artística Operária Florianense ( foto ) foi organizada e inaugurada no dia 09 de outubro de 1910.

Por muitos e muitos anos foi a orquestra que se fazia presente em todos os eventos, desde as novenas da Igreja, todos os bailes, todos os desfiles de escolas e até acompanhava enterros de personalidades da cidade, executando músicas sacras. Francisco Dantas foi o responsável pela sua criação, onde nasceram grandes músicos, como mestre Eugênio, José Franco, Pirulito, João Alves e muitos outros, segundo comenta seu Nelson Oliveira em suas notas explicativas no livro do centenário da Maçonaria Loja Igualdade Florianense.

Na foto podemos identificar, à esquerda, em pé, primeiro da filha, o senhor João de Deus Alves, pai do historiador Djalma Silva, que tocava trompete. Seu João Alves faleceu nos anos setenta e era aposentado da antiga Mesa de Renda.

São relíquias garimpadas do fundo dos baús da vida de nosso cotidiana, no sentido de preservarmos o glorioso passado da Princesa do Sul.

3/12/2012

RETRATOS

Carnaval - 1972

No ano de 1972, o carnaval de Floriano voltara a revigorar-se, após o trauma causado pelo prematuro falecimento do nosso amigo Bucar. Os foliões, animados, voltaram a botar o seu bloco na rua.

O Dim ( já falecido ), irmão de Pechincha, era um dos foliões que mais brilhava ali pelos arredores da antiga Sertã, com a sua fantasia de fofão, botando medo nos meninos.

O bar Carnaúba e o bar São Pedro, além da saudosa Sertã de antigamente, proporcionavam um apogeu lírico à nossa festa de momo, muita gente se divertindo a valer sem nenhuma preocupação, somente com o desejo de se divertir, de aparecer para a platéia e ganhar o seu aplauso.

Na foto ao lado, por exemplo, podemos identificar esse momento hilário do carnaval de 1972, quando ali no Bar São Pedro reuniu-se uma turma pra lá de bagdá, com o seu estilo bloco dos sujos. O Jusmar Leitão ( já falecido ), com o Teodoro Sobral, Juarez da Costa e Silva Ribeiro, o Napoleão Nogueira Lustosa, o Raimundo Flandeiro e o Borba filho, faziam a marcação da novidade.

Tempos bons, que jamais voltarão, por isso, precisamos voltar a celebrar esses velhos carnavais, que outrora faziam a felicidade de todos os florianenses que gostavam de garantir sua vaga na avenida da folia. O carnaval de hoje é bonito, mas está saindo muito caro, precisamos de maior criatividade para revitalizar aquela época maravilhosa das marchinhas e dos frevos inesquecíveis.

3/11/2012

CONCURSO UFPI PARA PROFESSORES EM FLORIANO

A Universidade Federal do Piauí informa que estão abertas as inscrições para o processo seletivo para professor substituto do Campus Almicar Ferreira Sobral, em Floriano. Os professores serão contratados como Classe Auxiliar Nível I, por até 12 (doze) meses, em Regime de Tempo Parcial TP-20 (20 horas semanais) nos termos das Leis nºs. 8.745/93, regulamentada pelas Leis nºs. 9.849/99 e 10.667/03. As inscrições acontecem de 12 à 14 de março, das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30.

Não havendo inscrições de candidatos portadores do título de Mestre até dia 14, serão abertas inscrições para o Título de Especialista, no período de 15 e 16 de março. O prazo de validade do Processo Seletivo será de 01 (um) ano, contado da data de publicação do Edital de homologação do Resultado Final no Diário Oficial da União.

3/10/2012

IFPI em Floriano oferece vagas gratuitas em cursos de Especialização

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal do Piauí divulga nesta quinta-feira, 8, edital do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu/2012. São oferecidas gratuitamente 245 vagas em 5 campi. As inscrições já estão aberta e vão até o dia 4 de abril.
As Especializações oferecidas são em Atividade Física e Saúde, no campus Floriano; Docência do Ensino Superior, em Parnaíba e Piripiri; Ciências Ambientais, em Uruçuí e Computação Aplicada, Matemática e Gerenciamento de Recursos Ambientais, no campus Teresina Central.
Os interessados devem ser diplomados em Curso Superior, conforme especificidade de cada curso, e apresentar no ato da inscrição formulário próprio, curriculum vitae comprovado, comprovante do Diploma do Curso Superior seguido do histórico escolar, cópia da carteira de identidade, uma foto 3×4 recente e comprovante do pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 40,00.
A seleção será através de prova escrita, realizada no dia 14 de abril, e análise do curriculum. O resultado deverá ser publicado no site da instituição (http://www.ifpi.edu.br) no dia 23 do mesmo mês.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

3/09/2012

RETRATOS

Esse foi o desenho do último carnaval de Floriano ( foto ), decoração bem simples, mas foi considerado muito bom, muita gente e as fantasias estão se tornando cada vez mais criativas.

É claro, que os carnavais, agora, são outros, não há mais aquela antiga movimentação do corso, dos blocos de sociedade invadindo as ruas, com os foliões pulando na frente, visitando as residências.

Hoje, há o faturamento e os abadás tomam de conta com a enorme multidão desfilando na proteção de suas cordas ao som de músicas diversas e modernas em decibéis às alturas.

Floriano vai seguindo e buscando novas atitudes. Quem sabe, uma nova filosofia, um novo encanto possa brotar por aí para alterar o curso da nossa cultura.

É esperar para ver!

3/08/2012

RETRATOS

Bloco Os Malandros - Carnaval de 1969.

Em pé, reconhecemos Marília Lobo, Pedro da Sinésia, Dimas Fontes, Jorge Lobo, Pedro Attem, Parnaibano, Batista ( cuíca ), Chico Perna Santa ( falecido ), Arnaldo Pé de Pão, José Ailton, Pompéia ( falecido ), Engrácio Neto, Antonio José Boquinha e Lisboa ( pistão ).

Agachados, são reconhecidos a Lígia Paulo, Nice Lourdes, João Alfredo, Aldênio Nunes, Rositinha Miranda, Goreth Kalume, Wagner Fontes, José Soares ( falecido ), Neguinho, Jamil Zarur, Joaquim Portela, Maricildes Costa ( falecida ), Pauliran, Seu Dino, Mário Anselmo, Ratim e Poncion ( falecido ).

Um dos melhores carnavais de Floriano, quando ainda a marcação era na base das marchinhas e o ritmo do nosso carnaval era outro, são lembranças que ainda nos dão esperanças de uma renovação estratégica de nosso carnaval, no sentido de revitalizar o corso, melhorar as ruas e a realização do desfile dos blocos de sociedade na parte da tarde como antigamente.

3/07/2012

RETRATOS

Observamos a velha galeria, ali, na avenida Fauzer Bucar, foto extraída na altura do antigo Colégio Joana Leal. Esse logradouro anda meio que abandonado pelas autoridades no tocante à sua revitalização.

Lembramos, agora, daqueles bons invenos dos anos sessenta, quando chovia bastante, a gente correndo para lá e para cá tomando banho de chuva, correndo por entre os bueiros e as bicas das casas, sem sabermos dos riscos que corríamos, coisas de criança.

Certa vez, numa grande enchente, as águas levaram o filho do senhor Cazé galeria abaixo e o menino foi sair lá na beira do Parnaíba são e salvo. Ele está vivo ainda para contar essa história.

Onde estarão as verbas e / ou os nossos dirigentes para saírem em buscas dos investimentos para recuperar essa grande avenida, que serviria, até, para o desfile dos nossos futuros carnavais?

Vamos, ainda, ter que esperar e aguentar por quantos anos essas nossas reinvindicações populares?

3/06/2012

RETRATOS

Floriano dos anos cinquenta, período efervescente de nosso cotidiano, romantismo e poesia, como se vê na foto tirada na praça doutor Sebastião Martins.

Na escada do antigo coreto, vê-se o doutor Stélio da conceição, funcionário do Banco do Brasil e os irmãos Pereira: Wilson, Iolanda e Chico, aproveitando um certo final de tarde.

O casarão detrás, pelo que se vê, mostra o prédio do antigo Bar Ponto Frio, que fez muito sucesso nos anos setenta. O tempo passa, mas podemos revitalizar esses bons momentos da vida dotidiana do passado de nossa terra.

Seria de suma importância o resgate de Floriano através de fotografia antigas. Quem puder colaborar, mande para nós, e aí, quem sabe, possamos editar uma boa matéria.

3/05/2012

RETRATOS

A nossa principal avenida, a Getúlio Vargas, atualmente vive de novos prédios, modernos. Os antigos casarões no curso da avenida desapareceram, praticamente, dando lugar a esses galpões tipo caixa de sapato.

Nada contra, mas vendo a ( foto ao lado ), observamos à direita, o casarão dos Lobo, já desfigurado pelos novos empreendimentos. Sentimos saudades dos velhos casarões que não existem mais.

O pós carnaval nos mostra aí a avenida atual empolgante, com esse cenário carnavalesco, mostrando o passar do tempo, mas denunciando por si só uma certa crueldade que o mundo moderno nos impõe. Certamente, que logo, logo não mais avistaremos os últimos casarões que ainda nos restam por aí.

Quem viver, verá!

RETRATOS

O Carnaval de Floriano desse ano foi legal, estávamos observando os blocos do antigo prédio do Cine Natal ( foto ), onde hoje é uma lanchonete.

O prédio ainda conserva algumas peculiaridades do passado, mas a gente percebe que o centro de Florian, aos poucos, vai sendo alterado, dando a impressão que estamos em uma nova realidade, o que é verdade.

As coisas mudaram e continuam avançando, mas é preciso que tomemos cuidado com relação ao patrimônio arquitetônico, prédios antigos gradativamente vão sendo modificados sem a devida atenção. As autoridades competentes deveriam estar mais atuantes, com um monitoramento sistemático, no sentido de consicentizar os interessados na preservação das nossas praças, avenidas, prédios e lugares.

A Princesa do Sul continua linda, mas precisamos saber reinvindicar sobre essa nossa nova realidade. Ainda há tempo de presevarmos o que ainda continua de pé.

3/04/2012

RETRATOS

Valdemir, o antigo projecionista do Cine Natal
Esquina do Cine Natal no cruzamento da Getúlio Vargas com a Fernando Marques, local onde ficávamos muitas vezes curiando os bangues bangues que passavam no cinema.

Na foto, observamos o nosso amigo Valdemir, hoje profissional da fotografia local. Valdemir era um dos principais projecionistas do Cine Natal. O bicho era cabeludo e andava todo encrementado, fazia sucesso. Quando chegavam os posteres dos filmes que iriam passar, ele era rápido no gatílho. Os meninos gritavam, observando a ação de Valdemir, afixando os posteres dos filmes:

- Eita, aquele ali eu vou assistir!!!

Uma loucura! Tempo bom, hoje relembrando com saudades aquele tempo que ficara para trás, mas sempre estamos a postos para revitalizar essas nossas passagens pela velha eeterna Princesa do Sul.

3/03/2012

RETRATOS

Eu andava feito besta, no último dia de carnaval pela manhã, extraindo algumas imagens pelos arredores de Floriano, quando adentrei pelas ruas do Bosque, Cabaré, beira do rio e por aí ia me distraindo, revendo lugares d´antes.

Quando cruzei com a rua Cazuza Freitas, eis que encontrei o nosso amigo Edmilson, colega de infância, trabalhando no levantamento de sua humilde residência a muito custo, devagarzinho, para ir suportando o dia dia de sua luta de grande trabalhador.

Eu me lembro que  Edmilson prestava serviço no antigo Cine Natal e não perdia um bang bang, e ainda hoje guarda em sua memória as histórias dos principais filmes, lembra de tudo, a gente começou a recordar os bons tempos do cinema.

Posteriormente, fomos tomar um drinque no Bar do Bio para relaxar o dia. Esses reencontros são bons, para revivermos as auroras de nossa infancia querida, que os anos não trazem mais.