10/04/2011

RETRATOS

Talvez, um domingo de manhã, mas era realmente o ano de 1979, esse baú do nosso cais do porto em sua calmaria matinal.

O tempo passa, mas sempre ficamos à mercê dessas lembranças que nos reportam à época romântica. O Parnaiba, caudaloso e lírico, nos acalma a alma e a solidão.

Voltarmos à Princesa do Sul é querermos preservar o temp, o momento e tudo que ali vivemos. Os carnavais, as tertúlias, a praça, o cinema e os passeios pelos bosques, tudo nos leva ao tempo da infância.

Vamos continuar no mesmo barco, nessas travessias delirantes, que nos fazer sorrir e chorar quando lembramos.

Nenhum comentário: