9/20/2011

Opinião do Leitor: Não ao aumento do número de vereadores de Floriano



Floriano tem menos de um décimo da população de Teresina e território de não mais que de 1 bairro pequeno da capital. Assim, conhecer Floriano de ponta a ponta não é de forma alguma uma tarefa árdua.
Quanto à população, Teresina flutua em torno de 1 milhão de habitantes (oficialmente 814,4 mil mais os entornos) enquanto Floriano… bom, todo bom florianense sabe quantos aqui habitam.

Como se pode ver, Floriano tem proporcionalmente a Teresina um número de vereadores mais do que suficiente para representar as comunidades (Teresina conta com praticamente apenas o dobro de parlamentares) e, mesmo com a decisão de que se aumente o número de cadeiras para 29, a capital continua tendo menos de três vezes a nossa atual quantidade.

Assim sendo, não acredito que aumentar o número de cadeiras na Câmara traga mais melhorias no tratamento da cidade do que mais despesas (a menos que, a exemplo da capital, não seja pre
Câmara de Floriano
visto o aumento nos repasses).
Na minha opinião, o que falta mesmo é comprometimento dos eleitos e interesse pelas necessidades do povo e da cidade. Falta o vereador botar o pé nas ruas e visitar todos os bairros, ter contato com quem o elegeu, saber de seus concidadãos, os “amigos” na época de eleições, de que precisam, o que desejam, enfim, desempenhar as atribuições com que tanto se comprometeram nos palanques.

Democracia não é quando há mais parlamentares lotando a Câmara, com muita discussão por pouca providência. Democracia é quando os (mais que suficientes) que já estão lá provam que vieram ao que juraram vir.  Bastam os que há.

Frederico Diniz – leitor do Noticias de Floriano
fredericodiniz@gmail.com
Fonte: www.noticiasdefloriano.com.br

Um comentário:

Anônimo disse...

Caro Janclerques,
A cadeira de Ciência Política do curso de Direito da UFC em visita nesta semana à Assembléia Legislativa do Ceará, uma aluna pereguntou ao Deputado Heitor Férrer qual a opinião dele sobre o aumento do número de vereadores, e recebeu a seguinte resposta: "se você perguntar a qualquer cidadão se ele gostaria de ter diminuído o número de médicos atendendendo em hospitais públicos ou o número de defensores públicos para a população, com certeza a resposta seria negativa. Agora, segundo ele, a grande maioria da comunidade gostaria de ver diminuído ou não aumentado o número de políticos (vereador no caso em questão) por uma simples razão: falta de comprometimento com o seu público, no caso os eleitores". A resposta foi simples, direta e de uma profundidade incrível.
Grato,
DJALMA