6/30/2011

Depois da capital, Floriano é a 1ª do PI em renda média por habitante

<><><>Na capital, a renda de cada habitante chega a R$ 784,38. Mas cidades do interior estão entre as mais pobres do Brasil.

Imagem: Divulgação
Economia



Teresina, Floriano e Picos são, respectivamente, os três municípios piauienses com maior renda média por habitante. A informação é da pesquisa “Os Emergentes dos Emergentes: Reflexões Globais e Ações Globais para a Nova Classe Média Brasileira”.

O estudo foi realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e divulgado nessa semana pelo órgão. De acordo com os dados levantados, a capital do Piauí segue em primeiro lugar, com renda média de R$ 784,38 por habitante.

No ranking estadual, Floriano aparece em 2º lugar, com R$ 565,08, e Picos está em 3º, com média de remuneração de R$ 551,23. Cidades importantes como Luís Correia, destaque pela concentração de fluxo de turistas, aparece em 116º, com renda média de R$ 273,30.

A maior renda nacional ficou no Estado do Rio de Janeiro, na cidade de Niterói, onde cada habitante ganha em média R$ 2.064,30.

A cidade de Guaribas, a 653 quilômetros da capital do Piauí, onde foi lançado o Programa Fome Zero, aparece na posição 218º com remuneração média de R$ 194,80 por habitante, número considerado baixo levando em consideração todos os municípios do Estado pesquisados.

O estudo considerou os rendimentos de cada um dos 224 municípios piauienses. No Estado, a cidade de Assunção do Piauí ocupa a última colocação, com renda média de R$ 158,72 por trabalhador. O município também amarga a 5.560ª posição a nível nacional, perante os 5.567 municípios do Brasil.

Fonte: noticiasdefloriano.com.br

Nenhum comentário: