domingo, maio 1

GINASIO PRIMEIRO DE MAIO

Homenagem ao “GINÁSIO PRIMEIRO DE MAIO” em 1° de maio de 2011 pelo seu 54° ano de existência e serviço prestado à sociedade Florianense.


“A difundir um refulgente raio
Da luz bendita que se chama instrução
Nosso ginásio Primeiro de maio
Cumpre sereno a sagrada missão...”

Ginásio Primeiro de maio, você faz jus ao seu hino bem elaborado pelo saudoso Eleutério Rezende. Sempre cumpriu, dentro das suas possibilidades, a sagrada missão de ensinar.  Vejo você “ainda” ereto, robusto, meio cabisbaixo, porém sólido, vigilante e discreto. Observa tudo em silêncio. As coisas boas, como crianças que passeiam e brincam nas suas calçadas; as ruins, como a imprudência dos malfeitores, a guerra do trânsito, a falta de respeito daqueles que pincham suas paredes, o cenário diário que, às vezes, mesmo a contra gosto, segundo a segundo, testemunha os fatos. Nossa cumplicidade me comove, pois caminhamos juntos, por muito tempo e, quando te cumprimento me emociono, como se fosse a primeira vez quando adentrei em suas instalações. Você, velho amigo, me ensinou muito: como conhecer pessoas, escolher amigos, entender o sentido da vida e valorizar a disciplina, palavra pouco aplicada nos dias de hoje. Temos, praticamente, a mesma idade porque quando você apareceu para o mundo em 1° de maio de 1957, eu tinha apenas cinco dias de nascido. Seu semblante é sempre o mesmo: inerte nessa moldura cotidiana, no lugarzinho de sempre. Os traços da velhice já afloram em você, e poucos percebem a sua presença. Talvez por não conhecer a sua história ou simplesmente por ignorá-lo. É uma pena que hoje os valores sejam outros. Muitos não sabem que você foi peça fundamental para a formação e evolução dessa cidade formando pessoas que hoje exercem diversas profissões dentro da sociedade, inclusive professores.   Deixo aqui minha gratidão pelo que fez por mim: os primeiros ensinamentos, as oportunidades para discernir o bem do mal, deixou comigo lembranças de tudo que fui na época de estudante/adolescente, que jamais se apagarão. “Nasceu sobre a bandeira do trabalho na data magna do trabalhador” e dessa bandeira eu fiz o meu escudo, na batalha da vida em busca do conhecimento, minha formação profissional e espiritual. Hoje sou um cidadão, graças a você.

Floriano. 1 de maio de 2011


Evandro Cardoso Vieira, Engenheiro agrimensor/geomensor, Formado pela Universidade Federal do Piauí, Licenciado em Ciência da Computação pela Universidade Estadual do Piauí, pós graduado em docência pela Universidade Federal do Piauí, e formando do curso de mestrado em Ciência da Educação pelo complexo Fórum- Universidade Lusófona de Lisboa PT, professor da rede estadual de ensino, membro da Albeartes  e diretor técnico/proprietário da empresa Topel Engenharia & Imóveis , onde presta serviços para todo País. Estudou nessa escola de 1968 a 1973.




3 comentários:

José Alves Reis da Silva disse...

Brasília,DF, em 07 de maio de 2011

Falar sobre o GINÁSIO PRIMEIRO DE MAIO, é lembrar dos bons tempos em que Professor e aluno tinham valor. É lembrar do saudos e competente Dr. BRAULINO DUQUE DE FRANÇA, e da não menos importante Profa. MARIA HELENA SIQUEIRA RODRIGUES, atualmente residente aqui em Brasília. Tive a honra de estudar no GIN´pASIO PRIMEIRO DE MAIO na Década de l960, e as lições que lá aprendi, me sevem até hoje. PARABÉNS GINÁSIO PRIMEIRO DE MAIO, Patrimônio da nossa Princesa do Sul.

JOSÉ ALVES REIS DA SILVA, Advogado
Brasília - D F

Meire disse...

Ginásio Primeiro de Maio é minha referência de escola, de educação, de aprendizagem didática e pessoal. É com muita saudade que relembro os anos que lá estudei de 74 a 79, a gente começava pelo 4º ano primário que lá se chamava "cursinho", sob a direção da maravilhosa Profª Maria Helena Siqueira Rodrigues. Bons tempos aqueles, que os trago na memória com muito carinho e respeito.
Obrigada.

Meire disse...

Referente ao comentário sobre o Ginásio Primeiro de Maio que acabei de enviar. Esqueci de me identificar, desculpe.
Meire Matos
Gurupi-Tocantins