3/29/2011

CENTENÁRIO DA CIDADE DE BARÃO DE GRAJAU

Uma vasta programação foi preparada para este 29 de março de 2011


Imagem: Agamenon Ped

Barão de Grajaú
O Município de Barão de Grajaú-MA, vizinho a Floriano, completa nesta terça-feira (29/03) o seu centenário de emancipação política. Desde o dia 25 os baronenses vivem uma extensa programação por conta do aniversário.

Entre os eventos marcados para esta terça-feira estão Alvorada, momentos cívico, competições esportivas (futebol, ciclismo e atletismo), além de várias inaugurações como um centro de saúde, mercado municipal, biblioteca pública e calçamentos. 

A festa de aniversário será encerrada à noite com a inauguração da reforma da Praça Santo Antônio e shows musicais com as bandas Novo Desejo e Garota Safada.

DADOS DO MUNICÍPIO

Barão de Grajaú é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população estimada em 2004 era de 16.298 habitantes. Sua Área é de 2.247 km² representando 0.6769 % do Estado, 0.1446 % da Região e 0.0264 % de todo o território brasileiro. Situa-se à margem esquerda do Rio Parnaíba, extremo leste maranhense, fronteira com o estado do Piauí

O nome do município é uma homenagem à Carlos Fernandes Ribeiro, o Barão de Grajaú, título nobiliárquico restrito a nobreza monárquica. O barão foi vice-presidente da província do Maranhão, tendo exercido a presidência interinamente seis vezes, de 28 de março a 17 de maio de 1878, de 27 de maio a 24 de julho de 1880, de 6 de maio a 25 de setembro de 1883, de 2 de março a 18 de setembro de 1884, de 16 de maio a 23 de junho de 1885, e de 30 de junho a 3 de agosto de 1889. A residência do barão abriga hoje o Museu de Arte Sacra do Maranhão e trata-se de um sobrado do século XIX localizado no centro histórico de São Luís-MA. A homenagem é de autoria do piauiense Agapito Alves de Barros, um comerciante que foi pioneiro no lugar.

Os bandeirantes foram os primeiros a desbravarem suas terras, assim como muitas das demais terras do Sertão Maranhense. Vindos do Vale do São Francisco e da Serra da Ibiapaba, em Pernambuco, eles começaram pelo município vizinho Pastos Bons-MA e estenderam suas rotas por toda a região, explorando a agricultura e a pecuária. Mais tarde, a colonização do lugar seria realizada por pioneiros vindos do Piauí. Notícias da época dão conta de que, em 1884, o lugar já era “um povoado de certa importância”.
Tornou-se município pela Lei nº 587, de 18 de março de 1911, mas sua elevação à categoria de cidade somente ocorreria com o Decreto-Lei nº 45, editado em 29 de março de 1938.

Fonte: wikipedia/www.noticiasdefloriano.com.br

Nenhum comentário: