2/13/2011

RETRATOS

Interessante, ficaram essas reformas no contorno da Igreja Matriz e da praça doutor Sebastião Martins, além do novo visual da bela Sertã.

Por aí, vagando, detrás da Igreja, onde mestre Valter ( in memorian ) tinha uma oficina de consertar bicicletas no início dos anos sessenta, estava sondando a nova paisagem.

Realmente, criou-se uma certa poesia, uma harmonia por aí, onde podemos passear, tomar um sorvete ou levar um bate papo com amigos.

Certo, a saudade ainda nos reporta àqueles anos cinquenta e sessenta, mas temos que saber a compreender esses novos tempos, tentando conciliar tudo isso, para que possamos dar continuidade ao amor que sentimos pela bela Princesa do Sul.

Um comentário:

Matheus disse...

O seu saudosismo é comovente!!!
Eu também sinto uma saudade gostosa da Floriano , princesinha do sul, dos anos 70,indo até meados dos 80, que foi qdo saí de lá. Mas, sempre que possível, me reporto àqueles velhos e bons tempos guardados com muito carinho num cantinho especial da memória e do coração.
Parabéns mais uma vez e sempre por esse portal maravilhoso, onde aproveito pra matar um pouco essa saudade.