9/17/2009

TÉCNICOS DESCOBREM CACHOEIRA DE 10 M EM FLORIANO



Foto: Marcelo Guimarães

Durante visita técnica ao interior de Floriano para estudo e planejamento de turismo rural, a coordenação regional da Piauí Turismo (Piemtur) e parceiros localizaram formação rochosa semelhante às existentes no Parque Nacional da Serra da Capivara, além de queda d’água com 10m de altura, com forte potencial turístico. A coordenadora regional, turismóloga Nara Aires, disse que o turismo rural é uma atividade que dá oportunidade de geração de emprego e renda, intercâmbio cultural e valorização da produção da agricultura familiar. O Projeto de Diagnóstico Rural como Atração Turística e Desenvolvimento Sustentável está sendo desenvolvido pela Coordenação Regional da Piemtur e Fundação Grintur, em parceria com o Projeto Áridas, Instituto Caipora, Diocese de Floriano, Secretaria Estadual do Desenvolvimento Rural (SDR) e Rede Traf (Turismo e Agricultura Familiar).

O objetivo é a elaboração de diagnóstico para planejamento de ações que levem à atração de turistas, promovendo o desenvolvimento sustentável. Equipe dos órgãos envolvidos fez visita técnica à zona rural de Floriano no dia 15 deste mês, com apoio das comunidades rurais. Durante a visita, os profissionais descobriram valores turísticos na zona rural da região de Floriano, tais como formação rochosa e corredeiras, plantas e animais nativos e elementos da cultura regional. O trabalho de identificação de atrações turísticas na zona rural de Floriano começou no ano passado, com visita técnica ao Tabuleiro do Mato. Na ocasião, foi dado destaque à atividade do artesão Gilson Nonato, que faz trabalhos com galhos de árvores mortas e madeira, transformados em peças artesanais de grande valor artístico. Essa produção artística foi destaque em estande da Piemtur na Feira Regional da Pequena e Média Empresa (Fepeme), realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PI).

Queda d’água com 10m de altura


Já em 2008, o estudo começou no Povoado Manga e passou por várias localidades, objetivando a descoberta de valores culturais e turísticos inexplorados. "Na Região da Manga o destaque foi para uma belíssima cachoeira com queda d’água de 10m, formada pelo Riacho do Corrente. Há formações rochosas únicas, área arborizada, praias e areias brancas, de rara beleza natural", descreveu Nara Aires. No percurso, foram visitadas as comunidades Prensa, Brejo e Barra do Gurguéia. Foi também constatado um casarão de dois andares, em fase de acabamento, que pode ser adaptado para alojamento rural nas proximidades da Barra do Gurguéia. É onde o Rio Gurguéia deságua no Rio Parnaíba. "Este é um local adequado para acampamentos e trilhas ecológicas", recomendou. Segundo Nara Aires, no roteiro Prensa e Brejo há riachos preservados, uma escolinha rural, apriscos e casas das comunidades rurais. Em uma segunda etapa, a visita técnica foi direcionada ao Assentamento Bom Sucesso, a 27Km da sede do município e a 3Km da comunidade Vereda Grande. O assentamento tem 60 moradores e 15 casas, fruto do trabalho coordenado pela Associação de Moradores em parceria com os governos Estadual e Federal e verbas do Crédito Fundiário.

Almoço típico


A equipe de técnicos foi recebida pelos moradores com almoço típico, que teve galinha caipira, arroz, feijão, farofa, salada e leitão assado. Na ocasião, Nara Aires ministrou palestra com painéis educativos e distribuição de folhetos e cartões postais. Depois, foi feita caminhada com participação dos moradores, que indicaram atrações com forte potencial turístico. Dentre as atrações, o grupo destacou a fauna e a flora bastante preservados. Chamou atenção a flora, composta de vegetação exótica, formada por cactos, pente-de-macaco, croatá, palmas, mandacaru, carnaúba, babaçu e bromélias. Foram também visitadas plantações de milho, feijão e caju. A Barragem do Rio Itaueira, construída por volta de 1950, chamou atenção dos técnicos. Fica no Assentamento Bom Sucesso, a 30Km de Floriano. Outra descoberta de destaque foi uma pedra com cerca de 5m de altura, semelhante às formações rochosas encontradas em Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato, e Sete Cidades de Pedra, em Piracuruca.

Criação de demanda turística rural


O roteiro da visita técnica contou com a participação do repórter Renato Costa (o Amarelinho), da Rádio Difusora de Floriano, do técnico agrícola e assessor do Projeto Áridas, Edvaldo Costa, José Antônio de Carvalho, representante do Projeto de Desenvolvimento Integrado da Diocese de Floriano, e do Portal Notícias de Floriano com cobertura fotográfica de Marcelo Guimarães. Nara Aires, que participou da equipe, ficou satisfeita com o resultado e disse que a visita poderá originar uma grande demanda turística na região após um trabalho planejado. Ela disse que o foco principal foi o acesso das comunidades rurais aos benefícios do turismo. O projeto também permitiu avaliação e planejamento a respeito de cada área visitada. "O turismo rural se mostra como mais uma fonte de sobrevivência no campo, dando oportunidade de geração de emprego e renda, intercâmbio cultural, valorização da produção da agricultura familiar, fomento de ações de melhoria da infra-estrutura local e impactos positivos na auto-estima dos moradores, além de proporcionar fixação do homem no campo, evitando o êxodo rural", avaliou.

Fonte: portalaz.com

Nenhum comentário: