9/04/2009

REENCONTRO

Será, lá no fundo, o Barão, o rio Parnaiba, ou é mesmo o Flutuante de Floriano?
Não, nada disso, isso daí foi um reencontro que fizemos, recentemente, ali, no encontro dos rios Poty e Parnaiba, no Flutuante de lá de Teresina.
Reunimos, nesse último sábado do dia 29/08, essa turma do passado romântico de Floriano, para relembrar as coisas boas que a vida nos proporcionou e que ainda nos envaidece.
Pela ordem, da esquerda para a direita, observamos o Iran, Chicolé, Eulálio, Puluca ( irmão de Janjão ), o Ubaldo, Cristóvão Augusto e esse rapaz de Jerumenha que tá começando a crescer os cabelos, o Chico Cangury.
Rapaz, as resenhas ( principalmente as de Chicolé ) nos matavam de rir, o cara lembrou até do famoso Dez Minutos em suas artimanhas, foi uma loucura só.
Estávamos contando, ainda, com as presenças de Carlos Sá ( filho de Geraldo Teles ), Ieié e o Gilberto Lima ( filho de seu Honorato ), mas por motivos superiores, não puderam comparecer.
O próximo reencontro será no final de setembro, onde pretendemos reunir mais florianenses para revivermos aqueles antigos bons tempos, tá certo?

2 comentários:

José Alves Reis da Silva disse...

Brasília,DF, 04 de setembro de 2009

É com prazer vejo essa FOTO HISTÓRICA, pena que nela não esteja EU, mas não faltará oportunidade. O nosso estimado amigo CRISTÓVÃO AUGUSTO, como sempre com a sua simpatia e elegância, nos trazendo fatos históricos da sempre querida Princesa do Sul. Até final deste ano, ou no máximo no início do próximo ano, vou envidar todos os esforços para integrar essa pleiâde de amigos da terrinha. Gostaria de receber E-mails dos Ilustres amigos para os próximos encontros.
Parabéns, e abraços para todos.
JOSÉ SILVA
BRASÍLIA - D F

Anônimo disse...

Janclerques,
Beleza. No próximo encontro precisamos gravar as resenhas vividas por esta turma boa dos anos sessenta e setenta de Floriano. Ao conterrâneo José Silva aí vai o meu E. mail: fsaamorim-kan@bol.com.br. Será um grande prazer manter contato. OK? Preciso manter contato com você e o Cristóvão Augusto. Até Breve. Chico kangury.