8/29/2009

LANÇAMENTO


Recebemos, através os nossos amigos Ieié e Teodoro Sobral, o convite para o lançamento do livro - FLORIANO: SUA HISTÓRIA, SUA GENTE de autoria da doutora Josefina Demes ( in memorian ).

" Trata-se do mais importante acontecimento literário da Princesa do Sul, pois o mesmo retrata toda a história de Floriano, mas com uma grande vantagem: engloba-se no contexto que em cada época paralelamente no Piauí e no Brasil " - exalta Teodoro.

O lançamento será nos salões do nosso tradicional Comércio Esporte Clube, dia 5 de setembro de 2009.

Cabe ressaltar o empenho dos irmãos da escritora, doutora Maria Demes Castro e doutor Jose Demes Filho ( Zeca ), que graças ao árduo trabalho de ambos, foi possível a edição do livro, já que os apontamentos estavam em cadernos sem uma sequência dos fatos. O professor Luís Paulo, também, foi fundamental para que se chegasse ao término do trabalho.

Para quem não for ao lançamento, a compra do livro poderá ser feita por intermédio do doutor Francisco Demes, fones: (89) 3521-2636 ou 8803-2636, que lhes dará instruções para o pagamento do livro e das despesas postais. Por e-mail, o contato é: chicodemes@florianonet.com.br ou de sua esposa Socorrinha Demes: sos@florianonet.com.br

8/27/2009

RETRATOS



Comitiva do Governador Chagas Rodrigues, em Floriano, em visita oficial, quando veio para a inauguração da Escola Normal.

O flagrante mostra várias personalidades locais, como identificamos o doutor Nazareno Araújo, o doutor Tibério Nunes, o Governador Chagas Rodrigues, Padre José Pereira de Maria ( em vestes sacerdotais ), Fauzer Bucar, Padre Pedro de Oliveira, José Meireles e grande número de populares que não são identificados.

O registro em pauta faz parte da história política de Floriano.

Fonte: Flagrantes de uma cidade

8/26/2009

AMIGOS


Estávamos fazendo um roteiro pelas ruas e becos de Floriano, revivendo os campos de outrora, quando deparamos com dois velhos companheiros.

Uma turma boa estava se confraternizando, saboreando uma gelada naquele barzinho frente ao Zé Cardoso na altura dos antigos americanos.

De repente, olha só quem estavam por lá - o Paulo, filho de seu Lourenço e o o radialista Emidio Nonato ( foto ), o Pedro Guida, o Didi ( irmão de Zeca Futuca ) e outras feras.

O assunto era o de costume: futebol, mulher, trabalho e outras resenhas, que davam graça ao ambiente e nos reportavam aos velhos tempos românticos de outrora, quando Floriano tinha uma rotina mais agradável, quando as brincadeiras eram mais saudáveis.

O tempo passou, mas precisamos fazer esses registros para nos acalmar as emoções, sabendo que temos que enfrentar o dia a dia e um futuro de muita expectativa.

Parabéns a todo esse pessoal que constrói essa mansidão da centenária Princesa do Sul.

8/24/2009

REENCONTRO



Encontramos em Teresina com o nosso amigo Carlos Sá, filho de seu Geraldo Teles e, conversando, ficamos de nos reunir nesse proximo final de semana naquele famoso encontro dos rios Poty e Parnaiba. A gente pretende reunir uma boa turma daquela época romântica de Floriano, como o Puluca, Kangury, Cristovão, Ubaldo, Iran, Chicolé e o Gilberto ( filho de seu Honorato ), para relembrar os velhos tempos.
Daqueles antigos e tradicionais torneios do futebol amador florianense dos anos sessenta, conseguimos descobrir, do fundo do baú, o time do São Paulo de Carlos Sá, campeão do torneio da temporada do ano de 1964.

Na foto ao lado, observamos os piolhos de bola Pedro Hélio ( filho do maestro Eugênio ), Jolimar ( jogava de goleiro à época e, segundo dizem, mora atualmente em São Paulo ), Caçula ( que reside hoje na cidade de Corrente ), Carlos Sá ( dono do time ), Gerôncio e Bento em pé.

Chico do Campo ( hoje, professor aposentado em Floriano ), Beca (funcionário do BNB em Teresina ), Danúnzio ( in memorian ), Puluca ( funcionário da CEF em Teresina ) e Chiquinho ( mora em Brasília atualmente ).

A foto acima foi tirada pelo piolho de bola Agnia de frente à normal do famoso Campo do Artista.

8/20/2009

CELSO BARROS COELHO HOMENAGEADO EM FLORIANO


O jurista Celso Barros Coelho recebeu o título de sócio efetivo da Academia de Letras e Belas Artes de Floriano e Vale do Parnaíba. A solenidade foi na noite deste sábado (15/08), na sede da Academia, situada no Bairro Sambaíba.


O novo imortal da Albeartes assumiu a cadeira de número 3. Ao todo são 40 imortais que fazem parte da Academia como sócios efetivos.


Celso Barros foi saldado pelo acadêmico Norbelino Carvalho. Em seu discurso, Celso Barros falou que tem um carinho especial por Floriano, cidade que conheceu quando era bem jovem. "Muitas vezes, vindo da minha cidade natal Pastos Bons, vim para cá com meus familiares. Tenho recordação dos dias que aqui estive à procura de saúde para minha mãe" enfatizou o novo imortal.


Ele fez um breve relato de sua história e mostrou que os amigos que cativou em Floriano sempre colaboraram principalmente na sua trajetória política e profissional.


Após as formalidades, houve apresentações de poesia, música e dança por membros da Academia.

8/14/2009

LIVRO DE JOSEFINA DEMES


Já está marcada a data para o tão esperado lançamento de mais um livro sobre a história de Floriano. Trata-se da obra póstuma de Josefina Demes, considerada uma das pessoas que mais estudou sobre a origem e o desenvolvimento da Princesa do Sul.

Foram 30 anos de pesquisa em que a autora, falecida em 2002, faz um relato sobre a imigração árabe e sobre os mais significativos aspectos da história de Floriano.

Josefina Demes era farmacêutica mas exerceu o magistério em Floriano durante 40 anos. Várias gerações experimentaram seus ensinamentos.

O livro "Floriano: Sua História, Sua Gente" vai ser lançado no dia 6 de setembro próximo. A obra tem 647 páginas e vai ser vendida ao custo de 50 reais.

Fonte: www.noticiasdefloriano.com.br


8/07/2009

TIME DA AABB


Nada mais expressivo em Floriano do que um final de semana de futebol de poeira no campo da Associação Atlética Banco do Brasil.

O pessoal das antigas, mesclado com gente nova de Floriano, se reúnem nos finais de semana para jogar um bom futebol, para relembrar a época de ouro da esporte bretão.

O nosso amigo Tontonho é uma das feras dessas peladas, onde já anotou mais de dois mil gols, sendo noticiário em vários sites e programas de televisão.

Ali estão sempre se encontrado, além de Tontonho, os piolhos de bola Bucar, Joaquim Paulo César, Mocó, Pauloinho, Dario, Gonzaga, Robert, Cezinha, Gilberto Júnior e outras feras, para depois comemorar com muitas geladas.

8/06/2009

CARTÃO POSTAL


Passaram-se as férias de julho e ainda sentimos saudades das velhas regatas, que os anos não nos trazem mais.

As comemorações, agora, são na base dos forrós eletrônicos e o comando atual é dos carnavais fora de época, as micarentas, que tomando de conta do povão, não há mais o carnaval só uma vez por ano.

De qualquer forma, podemos ainda reviver o passado através de cartões postais como esse aí ( foto ) do nosso famoso Flutuante.

Precisamos reverter a situação, misturar o caldo cultural local, de forma que se permaneça o belo do passado com as novas idéias que possam revolucionar e colocar Floriano de novo no topo das emoções verdadeiras.

Foto: Agamenon Pedrosa

8/01/2009

RETRATOS


Voltando aos tempos de ouro de nosso futebol, descobrimos essa turma aí do Reno Esporte Clube, quando o nosso amigo Galdino comandava esses meninos bons de bola.

Alguns já estão bailando no céu e outros ainda estão militando no esporte em nossa cidade. São pessoas que nos proporcionaram um legado deferenciado dentro das quatro linhas do futebol amador florianenese.

Desse período de setenta, são conhecidos, nessa bela relíquia fotográfica, os atletas mineiro (sem bigode), Almeida, Bebeto (de Canto do Butiti), Gilson, Joaquim José (falecido), Pedrão (in memorian), Carlos Alberto e o técnico Galdino em pé.

Agachados, obsevamos Chico (falecido), Velho Zé (filho de Pai Chico da Manguinha), Tico, Dedé (grande artilheiro), o craque Mocó (em início de carreira), o veloz Gildécio, além do futuro craque Carioca (irmão de Eloneide).