3/03/2009

NOVA PRAÇA


" A mesma praça, o mesmo banco, as mesmas flores do mesmo jardim... " É, não temos mais os antigos bambuais qua havia e outros arvoredos.

Mas a reforma e a versão atual de nossa praça está um barato, uma mistura das décadas de cinquenta, sessenta e setenta.

Achamos, apenas, que as cores de nossa catedral deveria voltar à sua cor original; no entanto, vamos conservar o novo e revitalizar o tempo de outrora.

3 comentários:

conceicao disse...

valeu a pene a gente votar no
prefeito joel com ele floriano
vai..a se vai

Anônimo disse...

Janclerques amigo, infelizmente´já nao é mais a mesma praça, nem o mesmo jardim, nem as mesmas flores, tao poco mo mesmo banco(antes eram de cimento(quando Dr Sebastiao inalgurou na decada de 50, depois de marmorite quando o Chico Reis fez a refgorma em 1960), e eu continuo triste porque aqueles velhos tempos nao voltam mais, ou seja , as namoradas daquelas decadas ja sao casadas com outros, umas ja sao ate avos, ainda bem que continuo firma com minha ultima namorada, a Socorro, com casei.me ha 32 anos atras. Mas o resumo da opera é que igualmente fizeram com a Pca Pedro II em The, deviam ter restaurado a daqui nos mesmos moldes de como foi feita, é assim que se resgata a memoria do centro historico das cidades.Abs Teodoro Sobral

janclerques steffen vivagringo@gmail.com disse...

Teodoro,

Essas mudanças, essas alterações e essas transformações que Floriano tem que passar, principalmente nesse contexto de reformas de nossas praças e prédios antigos, deiveria-se fazer uma consulta antes à população e às pessoas que tem a Princesa do Sul pulsando na veia.

Você está com a razão, literalmente.

Janclerques