2/07/2009

RETRATOS



Taí uma foto antiga do meu avô Aristides Melo por parte de pai na década de cinquenta. Foi tirada na esquina do bar da Da Cruz na rua São João.

Ao seu lado, sua segunda esposa, Antonia Esmênia, que a gente chamava de Dindinha. Cuidava do vovô ali com unhas e dentes.

Seus três filhos, o mestre Walter, a Maria Serva ( esses dois in memeorian ) e Antonio de melo Sobrinho ( meu pai, hoje, já com 87 anos ) foram criados com muita dedicação, para crescerem na vida. Não tinha esse negócio de moleza, não.

Tempos de glórias, que os anos não trazem mais!

Nenhum comentário: