7/09/2008

POESIA FLORIANENSE



Rio Parnaíba

José Paraguassu


Rio Parnaíba
O dia vem raiando
E a luz do sol
Tua água faz brilhar

Sentada no cais
Com a trouxa de roupa
A lavadeira
Sua roupa vai lavar

A noite cai
Sobe à fumaça
Do barco que passa
Pra lá e pra cá

Atras da ponte
A lua aparece
E eu fico Olhando
Ela te paquerar

Tem um pescador
Tentando a sorte
De pegar um peixe
Pra se alimentar

Rio Parnaíba
Tenho pena de ti
O homem é mau
Quer te poluir

O peixe foge
Com o lixo na cama
O rio reclama
Com tanta sujeira não vou agüentar

Cadê as promessas
Daquele cidadão
Que já esqueceu
De te preservar

Rio Parnaíba
Leve para o mar
O descaso dos homens
E a dor que me dar

Nenhum comentário: