3/13/2008

A VELHA SERTA



Essa foto é do período da inauguração do prédio de nossa velha Sertã no final do anos cinquenta.

O preto e branco nos dá uma sensação lírica, poética e saudosa da época romântica.

Lamentavelmente, não há mais aquela poesia de outrora, a praça, os bambuais e os arvoredos de antigamente.

Resta-nos, agora, suspirar a saudade, relembrar os bons tempos do mesmo banco, da mesma praça e das coisas que não temos mais para sorrir.

Nenhum comentário: