9/17/2007

CAIS DO PORTO


SARRO À TOA


( Letra de uma das mais belas canções do conjunto musical VIAZUL de Floriano, interpretada pela cantora Célia Reis num show de 1980 realizado no Salão Paroquial )

Desenho: Gutemberg


Letra e música: Nilson Coelho, Adelmar Neiva e Ricardo Xavier


Beira do rio
Um vento à toa
A torre
O céu
Então, uma canção
Me faça irmão do vento
E vou
Cantando
Essa canção assim
Querendo te buscar
E então a gente se encontrou
Num sarro à toa
Do peito explode
Uma ilusão
Banhada de amor e cor
Um copo, um violão
E um papo à toa

Um comentário:

Anônimo disse...

ao lado desta taca,esta um dos esgurança que filho do djalminha.ele e do lado esquerdo.