6/01/2007

RIO PARNAIBA


Observando essa bela foto, uma ausência que me faz sentir saudades, a de uma canoa à vela dos tempos das Regatas de Julho, que os anos não trazem mais.

O nosso amigo Zé Rural, também, costumava andar por aí pescando em sua rotina incansável em busca de sua sobrevivência.

Era perigoso, mas corríamos o risco de atravessar esses lugares com bananeiras ou câmaras de ar rumo às coroas.

A expressão do cais do porto simboliza esses momentos de deleite, que fazemos questão de estar resgatando, para relembrar a poesia e as outras auroras da Princesa.

Foto: Agamenon Pedrosa

3 comentários:

agamenon pedrosa disse...

Deveras. Na foto avistam-se algumas embarcações, mas nenhuma delas é canoa de vela.

Subir o Parnaíba em uma canoa de vela, era, nas férias, um programa bastante concorrido aos domingo - folga dos canoeiros.

Banhar no rio, beber uma gelada, surrupiar uma melancia... fazia parte do lazer daqueles bons tempos.

Ainda guardo uma foto, de agosto de 1981, de um deses paseios que tinha a seguinte tripulação:

Carlito, Pedro Martins, Antonio Brandão, Agamenon, Felipe Salha, Jorge Filho e Demetrius.

JANCLERQUES disse...

AGAMENON,

A PROPÓSITO, TENHO INTERESSE EM PUBLICAR ESSA FOTO DOS ANOS OITENTA E OUTRAS QUE POR VENTURA MEREÇAM ESTAR POSTADAS EM NOSSA PÁGINAR, CERTO?

JANCLERQUES

agamenon pedrosa disse...

Decerto.

Fique à vontade, Janclerques.

Forte abraço.