1/25/2007

FLUTUANDO


São esses momentos raros e de extrema inspiração, que apanhamos uma tarde aconchegante no famoso Flutuante em tarde nublada mas também poética.

Fazíamos um roteiro, matando a saudade e revendo lugares e esse momento de descontração nos deixava emocionados. Eu e o nosso irmão Tibério ( foto ), economista e que hoje mora no Rio de Janeiro, relembrávamos boas passagens quando vivíamos em Floriano.

São fantasias que nos deixam não um vazio, mas uma esperança latente de um dia retornar para vivermos momentos de mudanças na certeza de um futuro melhor para todos nós

Nenhum comentário: