1/08/2007

DE VOLTA PARA O FUTURO


O antigo campo do Ferroviário era disputadíssimo para as peladas e preliminares em dia de festa. Época romântica. O futebol florianense era comentado em todos os cantos da cidade e nos debates de esquina.

Havia, certamente, os grandes piolhos. Tiberinho era uma figura de uma tenacidade terrível e gostava de atuar dentro do contexto esportivo da Princesa.

Esse time dele, o Flamengo ( foto ) tinha muita fama. Verdadeiros craques desfilaram por lá, tipo: Cléber, Quinto, Zeca Zinidor ( negociado por uma carteira de minister ), Danúnzio, Janjão, Chiquinho, Chapéu, Siqueira, pedro Hélio, de forma que a negrada tinha que saber conquistar e disputar o seu espaço.

Tratava-se, evidentemente, de um momento lírico, onde todos trabalhavam com harmonia e as emoções fluiam naturalmente.

Precisamos dar continuidade a esse grande lance, reverter o momento atual. As escolas precisam atuar mais na prática de educação física, como fazia o professor Abdoral ( o dono da camisa nove ), que naquele tempo botava os meninos pra jogar, até, bola militar para perder a timidez.

Os meninos de hoje precisam saber dar uma bicicleta, matar uma bola no peito, cabecear uma bola e, certamente, voltar a saber fazer os nossos gols novamente.
.................................................................................................
A foto acima é do time do Flamengo de Tiberinho do ano de 1967

Nenhum comentário: